Achei Sudoeste

BUSCA PELO ARQUIVO "02/2019"

20 Fev 2019 - 16:30h

A cuidadora de idosos Agerlândia Miranda, de 25 anos, teve queimaduras de terceiro grau nas pernas e partes íntimas causadas pelo ex-marido dela, Jessé Nogueira. O caso ocorreu no último dia 12 no município de Sena Madureira, interior do Acre. A vítima foi transferida para a capital acreana e está internada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) sem previsão de alta. O G1 não conseguiu contato com Nogueira até a publicação desta reportagem. Agerlândia conta que durante uma briga, o ex-companheiro jogou água fervendo em cima dela. Ainda muito abalada, ela diz que a agressão foi motivada por ciúmes e porque Nogueira não aceitava o fim do relacionamento. Como o ex não trabalhava, Agerlândia arcava com todos os gastos da casa. Um dia antes do crime, ela decidiu dar um ponto final na relação porque as brigas eram constantes entre o casal. “Um dia antes disse que queria terminar, expliquei meus motivos e disse que para pagar as contas que tínhamos arranjaria um trabalho à noite. Fui à uma lanchonete trabalhar como atendente e na volta parei na casa de um amigo. Ele foi até lá, perguntou que horas eu voltaria para casa e disse que eu pagaria ele”, conta a mulher. A vítima tem três filhas, de 10, 9 e 2 anos. As duas mais velhas são de outro relacionamento. Com medo do que ele poderia fazer com as meninas, ela voltou para casa após a ameaça.

20 Fev 2019 - 16:00h

Várias equipes de trabalho estão espalhadas pela cidade de Brumado atendendo a operação tapa buracos. A ressaca do temporal do início da semana deixou a cidade bastante esburacada, até mesmo impedindo o fluxo em algumas vias, que ficaram muito danificadas. Através do setor de obras da secretaria municipal de infraestrutura, a prefeitura já deu início aos trabalhos de tapa buracos. A pasta informou ao site Achei Sudoeste que ainda está realizando um levantamento dos estragos e calculando os prejuízos para depois apresentar o orçamento para recuperação das vias. Vale ressaltar que há ruas em Brumado que continuam esburacadas desde as chuvas de dezembro de 2017, como é o caso da Avenida Lindolpho Azevedo de Brito, entrada da BA-148 no município. A defesa civil também iniciou o levantamento das casas invadidas pelas enxurradas e fará uma avaliação dos danos, identificando até onde poderá ou não indenizar as famílias prejudicadas. Uma família encontra-se desabrigada após um rio de lama inundar a casa e causar perda total dos bens dos residentes no Bairro São José.

20 Fev 2019 - 15:30h

Através do WhatsApp Denúncia, a comunidade pode auxiliar o trabalho da polícia informando sobre a ocorrência de delitos na cidade. As informações podem ser transmitidas pelo telefone (77) 9.9974-4364, número que também serve a toda área de cobertura da 34 CIPM, composto pelos municípios de Brumado, Aracatu, Barra da Estiva, Contendas do Sincorá, Guajeru, Ibicoara, Ituaçu, Maetinga, Malhada de Pedras, Presidente Jânio Quadros, Rio do Antônio e Tanhaçu. O denunciante não precisa se identificar, visto que o sigilo é garantido. As denúncias recebidas de forma anônima passam por uma análise criteriosa e, só depois disso, são repassadas às guarnições.

20 Fev 2019 - 15:00h

Além dos buracos, a tempestade que caiu sobre a cidade de Brumado na madrugada da última segunda-feira (18) trouxe de volta um velho impasse entre a prefeitura e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). A administração municipal aponta que a Embasa ocupa a rede de drenagem pluvial com a captação dos dejetos e resíduos dos imóveis, o esgoto residencial e, dessa forma, a rede acaba não suportando o volume de água das chuvas, provocando o estouro de manilhas e o surgimento dos buracos. O problema é antigo e vem se arrastando ano após ano, até então sem uma solução. Em 2018, a Embasa realizou uma topografia geral e uma audiência pública com a promessa de que ainda esse ano iniciará a implantação do esgotamento sanitário de Brumado, cuja obra está avaliada em R$ 80 milhões.

20 Fev 2019 - 14:30h

O conselheiro Plínio Carneiro Filho foi eleito por aclamação, na sessão desta terça-feira (19), presidente do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia no biênio 2019/2021. A posse está marcada para o dia 11 de março, na primeira sessão após o recesso para o Carnaval. Também por aclamação foram eleitos para compor a mesa diretora como vice-presidente o conselheiro Raimundo Moreira, e para o de Corregedor-Geral o conselheiro Fernando Vita. Plínio Carneiro Filho é conselheiro do TCM desde abril de 2010. Antes, por concurso público, foi aprovado para o cargo de Analista de Controle Externo no próprio tribunal. Assim, é o primeiro servidor concursado do TCM a exercer a presidência do órgão.

20 Fev 2019 - 14:00h

O temporal que caiu sobre a cidade de Brumado na madrugada da última segunda-feira (18) expôs velhos problemas de infraestrutura nas vias públicas, como os buracos que surgem sempre nas mesmas localidades nos períodos chuvosos. A tempestade de 90 mm deixou um rastro de imensos buracos em vários bairros, principalmente nas periferias da cidade. O site Achei Sudoeste ouviu alguns populares, que, além de questionarem, ainda criticaram os serviços de tapa buracos. “Eu acho que esse prefeito que tanto bate no peito dizendo que é engenheiro e seus empreiteiros precisam voltar pra reciclagem e aprenderem a fazer o dever de casa, pois falam muito e, na prática, não sabem nada de infraestrutura”, disparou João Henrique, morador da Rua Princesa Isabel, no Bairro Malhada Branca. “Parece que há uma combinação entre os empreiteiros e São Pedro pra fazerem buraco de chuva no mesmo lugar. Os tapa-buracos daqui é tudo serviço porco”, emendou um vizinho. “Esse prefeito sempre dizia que serviço que ele fazia era pra fazer só uma vez. Acho que ele desaprendeu porque onde a turma dele bota a mão os buracos só aumentam a cada chuvisco que passa em Brumado”, ironizou Rone Santana, morador do centro da cidade. “É um serviço maletoso atrás do outro, mas também, se fizerem bem feito, acaba o ganha pão dos empreiteiros”, pontuou Romualdo Lima, morador do Bairro São José.

20 Fev 2019 - 12:00h

A pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Bom Jesus da Lapa, a Justiça Federal condenou por improbidade administrativa Alfredo de Oliveira Magalhães, conhecido como Alfredinho, atual prefeito de Sítio do Mato, a 286 km de Brumado. O gestor teve seus direitos políticos suspensos por cinco anos por se omitir do dever de prestar contas relativas ao repasse de verbas federais. De acordo com o MPF, Alfredinho, na gestão de 2005-2008, firmou convênio com a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba) e recebeu recursos para a implantação do sistema de abastecimento de água na zona rural (Itaicuru II). O prefeito deveria ter concluído as obras e prestado contas ainda nessa gestão, com prazo até 14 de dezembro de 2007. No entanto, isso não aconteceu. Durante a instrução da tomada de contas, foram apontadas outras irregularidades, para além da omissão das informações. Além da suspensão dos direitos políticos por cinco anos, a Justiça determinou ainda a condenação do réu ao ressarcimento dos danos causados, em valor a ser apurado e corrigido monetariamente; ao pagamento de multa de dez vezes a remuneração recebida na época; e a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios e incentivos fiscais ou creditícios.

20 Fev 2019 - 11:30h

Há poucos dias, o Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou a Resolução 2.227/18, com novas normas para uso da telemedicina no Brasil. Se for usada para permitir acesso à saúde para quem não tem, não há dúvida que a telemedicina é um caminho sem volta no mundo todo. No Brasil, país continental com enorme disparidade na quantidade e qualidade do atendimento médico, a telemedicina tem enorme potencial de trazer equidade. O parágrafo terceiro do artigo quarto desta resolução do CFM diz que “a relação médico-paciente de modo virtual é permitida na cobertura assistencial em “áreas geograficamente remotas”, desde que existam as condições físicas e técnicas recomendadas e profissional de saúde”. De fato, a telemedicina foi originalmente criada como uma forma de atender pacientes situados em locais remotos, longe das instituições de saúde ou em áreas com escassez de profissionais médicos. De acordo com a Veja, é fácil imaginar que quanto mais remota a localização de uma cidade num país de mais de 8 milhões de metros quadrados, menos acesso a medicina haverá, em especial no que se refere a acesso ao atendimento por especialistas. Nestes rincões, em tese, a Telemedicina seria ainda mais útil.

20 Fev 2019 - 11:00h

O movimento “Eu empurro essa causa” aconteceu na cidade de Brumado, no último sábado (16). Mais de 100 cidades aderiram a iniciativa. Para falar sobre o assunto, o site Achei Sudoeste conversou com a professora Elianar Guimarães, que faz parte da coordenação municipal do movimento. Ela explicou que o projeto foi idealizado por Daiane Cruz a partir de um grupo no Facebook, intitulado “Vida de mãe especial”. No grupo, segundo ela, muitas mães desabafavam sobre a perda do Benefício de Prestação Continuada (BPC) dos seus filhos cadeirantes e, a partir daí, surgiu a ideia de criar o projeto. O mesmo foi abraçado por muitas pessoas e ganhou uma repercussão grande. “Achei que Brumado não poderia ficar de fora porque é algo que afeta diretamente a vida de muitos nós. Muitas famílias passam por essa situação e, até mesmo as que não passam, vivenciam o relato de um amigo, de um colega de trabalho ou conhece alguém que vive essa realidade”, declarou. Apesar da pouca adesão ao movimento na cidade, a professora afirmou que quem compareceu à mobilização representou a indignação diante da realidade. Entre as reivindicações da causa estão: que o BPC passe a beneficiar toda pessoa com deficiência, independente do grau, modificação da renda exigida para ser beneficiário e, para os casos de doença rara, a renda seja, pelo menos, de três salários mínimos. Nas redes sociais, uma petição pública para mudança nas leis está colhendo 2 milhões de assinaturas para ser encaminhada ao Senado.

20 Fev 2019 - 10:30h

Uma nova vacina contra a meningite B teve o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O imunizante, chamado Trumenba, poderá ser aplicado em pessoas de 10 a 25 anos de idade para prevenir a meningite meningocócica causada pelo sorotipo B da bactéria Neisseria meningitidis. Segundo a Pfizer, empresa que produz a vacina, a aplicação do imunizante deve ser feita em duas doses com um intervalo mínimo de seis meses entre elas. A vacina, que já está sendo aplicada nos Estados Unidos e na União Europeia, tem apresentado bons resultados. “Os Estados Unidos estão usando e ela foi capaz de evitar surtos entre adolescentes. É uma vacina que promete ajudar o Brasil contra uma doença grave”, disse Isabella Ballalai, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm). De acordo com a Veja, para especialistas, mesmo sem uma data definida, a aprovação da vacina é algo positivo, principalmente porque oferece opções em casos de desabastecimento de estoque – situação que já ocorreu anteriormente, em 2015, quando foi lançada a primeira vacina contra a meningite B no Brasil. “É sempre bom mais opções de imunizantes tanto para as clínicas como para os pacientes já que minimiza as dificuldades de abastecimento”, afirmou Sandro Artur Ostrowski, diretor da Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVac).

20 Fev 2019 - 10:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) multou em R$ 2 mil, o gestor Paulo Alves dos Reis (PCdoB), da cidade de Caetanos, a 101 km de Brumado, na última terça-feira (19). Segundo informou o órgão ao site Achei Sudoeste, o relator foi o conselheiro Plínio Carneiro Filho. Apesar da penalidade a corte aprovou com ressalvas as contas do exercício financeiro de 2017. A despesa total com pessoal foi de R$14.081.269,72, valor que representa um percentual de 53,56% da receita corrente líquida de R$26.288.318,26, respeitando o limite de 54% definido na Lei de Responsabilidade Fiscal. O município apresentou um déficit de R$1.469.792,44, vez que a receita arrecadada foi de R$26.423.188,77 e as despesas realizadas alcançaram o montante de R$27.892.981,21. O relatório técnico apontou também que não há saldo financeiro suficiente para a cobertura dos Restos a Pagar, contribuindo para o desequilíbrio fiscal da prefeitura. O relatório apresentou algumas ressalvas em relação a ocorrências pendentes durante o acompanhamento da execução orçamentária. Entre elas, o fato de não terem sido apresentadas as certidões de prova de regularidade fiscal e trabalhista para o aditivo de contrato. “Tais pendências sinalizam que a administração municipal deve dar maior atenção e melhorar o desempenho da máquina administrativa, assim como aperfeiçoar o sistema de controle interno”, alertou o relator. Sobre as obrigações constitucionais e legais o prefeito cumpriu todos os índices exigidos. Na manutenção e desenvolvimento do ensino foram investidos 25,72% da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferências, cumprindo o mínimo de 25%. Já nas ações e serviços públicos de saúde o investimento foi de 18,88% dos impostos e transferências, superando, portanto, o mínimo de 15%. E, na remuneração dos profissionais do magistério foram aplicados 66,76% dos recursos originários do Fundeb, sendo o mínimo exigido 60%. Cabe recurso da decisão.

20 Fev 2019 - 09:30h

Um idoso de 70 anos teve os dois braços e uma perna amputados após ser atacado por três cães da raça pit bull, na cidade de Alagoinhas, no interior da Bahia. O estado de saúde dele é grave. De acordo com informações obtidas no posto da Polícia Civil no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, o ataque dos cães a José Valter Bispo Damasceno aconteceu em 8 de fevereiro. Por conta da gravidade dos ferimentos, a vítima precisou ser transferida para o HGE no dia seguinte. Quando deu entrada na unidade da capital baiana, Damasceno já tinha sofrido as amputações dos braços. Na noite da última segunda-feira (18), uma das pernas foi amputada. À polícia, um sobrinho da vítima contou que o idoso estava pescando em um rio do bairro Dois de Julho, em Alagoinhas, quando foi atacado. O sobrinho contou ainda que, para chegar ao rio, é preciso passar por um terreno que pertence ao dono dos animais. Após o ataque, Damasceno foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado a um hospital de Alagoinhas, onde teve os braços amputados. O G1 tentou contato na delegacia de Alagoinhas para saber mais detalhes sobre o dono dos animais, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

20 Fev 2019 - 09:00h

Após mais uma reunião com o vice-prefeito Édio Pereira (PCdoB), o Continha, e representantes dos nove clubes participantes, foram definidos os grupos do Campeonato Brumadense de Futebol 2019. A competição foi dividida em grupos A e B: Grupo A: Feirense, Umburanas, Espanhol, Vila e Magnesita Esporte Clube; e Grupo B: Vila Nova, Bahia, Santos, Boleiros e Vitória. Além disso, também ficou acertado na reunião que só podem ser inscritos 4 atletas de outra cidade para o time principal, não podem ser inscritos jogadores que não tenham nascido em Brumado para o Sub 18 e podem ser inscritos 5 jogadores nascidos no ano de 99. A abertura do campeonato acontece no dia 10 de março, com jogo entre Feirense e Umburanas.

20 Fev 2019 - 08:30h

A Câmara dos Deputados aprovou um projeto que susta os efeitos de um decreto do governo que alterou regras de transparência ampliando a lista de servidores com poder para classificar documentos como sigilosos. O líder do governo, Major Vitor Hugo (PSL-GO), pediu na reunião de líderes que o tema não entrasse na pauta, mas foi ignorado. Apenas o PSL encaminhou voto contra o projeto, que ainda precisa ser votado no Senado. O jornal o Globo, mostrou na terça-feira que o decreto, assinado pelo vice-presidente Antonio Hamilton Mourão, foi editado por pressão de militares e diplomatas. Para que o decreto perca a validade, o projeto precisará ainda ser aprovado no Senado. A derrota do governo ficou escancarada na primeira votação, quando se analisou regime de urgência para a matéria. Foram 367 votos a favor e apenas 57 contrários. A votação final acabou ocorrendo de forma simbólica.

20 Fev 2019 - 08:00h

Uma chuva forte foi registrada na sede e em comunidades rurais da cidade de Guajeru, a 63 km de Brumado, durante o último final de semana. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o vereador Irmo Gomes (PP), popular Loza, disse que a seca que atinge o município foi amenizada diante do bom volume de chuvas registrado. “Foi detectado cerca de 80 mm na cidade e na zona rural variou de 60 a 70 mm, mas em todo município, graças a Deus, choveu bastante. Deu uma aliviada muito grande na situação em que estava nosso município”, relatou, se referindo à crise hídrica vivenciada na cidade. Com relação aos estragos, o vereador declarou que não foram constatados muitos danos na sede municipal. Segundo ele, os maiores estragos foram registrados nas estradas vicinais, que ficaram intransitáveis após as chuvas. Os ônibus do transporte escolar, inclusive, ficaram impossibilitados de circular em razão de falta de trafegabilidade das estradas.

20 Fev 2019 - 00:00h

Na última semana, uma contratação da prefeitura de Caetité, a 100 km de Brumado, para aquisição de fogos de artifícios, destinados às comemorações cívicas do município, repercutiu nas redes sociais. Isso porque, em um momento de dificuldades financeiras, a prefeitura licitou R$ 219 mil só para o ano de 2019. Segundo dados do portal da transparência, de 2010 até hoje, a prefeitura pagou R$ 995.487,05 na aquisição de fogos de artifício para os eventos da cidade. Nos últimos quatro anos, o valor foi de R$ 508.192,50. De acordo com a Agência Sertão, o ex-prefeito José Barreira (PSB) chegou a ser multado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) em 2013 por exagerar nos gastos durante vigência de decreto de emergência. Entre 2015 e 2016, Barreira gastou R$ 340.752,50, enquanto o atual prefeito Aldo Gondim gastou 49% desse valor do início da sua gestão até aqui, R$ 167.440,00.

19 Fev 2019 - 22:05h

Na edição do Diário Oficial do Município desta terça-feira (19), a prefeitura de Brumado publicou o Decreto nº 5.118, que declara situação de emergência nas áreas do município afetadas pelo alagamento provocado pelas fortes chuvas da madrugada da última segunda-feira (18). No decreto, o prefeito considera que os alagamentos foram ocasionados pelas fortes chuvas em áreas onde a prefeitura executa obras de macrodrenagem para escoamento de águas pluviais. Além disso, informa que famílias foram desabrigadas em razão do desastre e que outras estão em iminência de terem seus imóveis alagados. Através do documento, a prefeitura autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação da Comissão Municipal de Defesa Civil nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário. Também autoriza-se a convocação de voluntários para reforçar as ações, bem como o início dos processos de desapropriação, por necessidade pública, de propriedades particulares comprovadamente localizadas em áreas de risco.

19 Fev 2019 - 18:30h

Uma liminar da Justiça determinou que vereadores da cidade de Correntina, no oeste da Bahia, que tiveram mandatos cassados após serem denunciados por desvio verbas públicas, retomem os cargos. A decisão foi assinada pela juíza Renata de Moraes Rocha, da comarca da cidade, na segunda-feira (18). De acordo com o G1, com a decisão, cinco vereadores que haviam sido cassados - Adenilson Pereira de Souza (PTN), Jean da Guarda (PP), Nelson da Conceição Santos (PRB), Miltão (PCdoB), Juvenil Araújo de Souza (PCdoB) - podem retomar os cargos já a partir desta terça-feira (19), até o julgamento final do processo. Somente o vereador Wesley Campos Aguiar (PV), conhecido como Maradona, também alvo da cassação, não pode retornar ainda porque cumpre afastamento de 180 dias em razão de processo particular, pela mesma denúncia, por ocupar o posto de presidente da casa legislativa. O afastamento vence em março. Os suplentes que estavam nos lugares dos vereadores cassados, que assumiram em dezembro de 2018, já se afastaram, logo depois da decisão judicial, para novamente dar lugar aos titulares. Apenas Sebastião Pereira de Moura, conhecido como 'Tião de Sabino' permanece ocupando a vaga de Maradona. A decisão da juíza Renata de Moraes Rocha veio após ação dos vereadores, que alegaram que o processo de cassação na câmara foi ilegal. A juíza acatou o pedido e afirmou que foram verificados “vícios ocorridos a partir da instrução do processo que tornam nulos tal ato e os atos subsequentes”.

19 Fev 2019 - 18:00h

Atos de vandalismo foram denunciados pela a AES Tietê, operadora do parque, no complexo eólico Alto Sertão II, localizado nos municípios de Caetité, Guanambi, Igaporã e Pindaí. A empresa comunicou as autoridades competentes para apuração e identificação dos vândalos. Além disso, a AES Tietê emitiu uma nota alertando para os perigos da rede elétrica. “O vandalismo em nosso empreendimento foi uma ação isolada, que vem sendo investigada pela polícia. Reforçamos a segurança dos parques para que casos como este não voltem a ocorrer. Mas enxergamos a necessidade de informar sobre os riscos do contato ou proximidade com áreas energizadas”, disse Paulo Milton, Gerente de Gestão de Ativos Eólicos da AES Tietê.