Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Economia"

16 Mai 2017 - 14:30h

O Brasil voltou a gerar empregos com carteira assinada em abril deste ano, apontam dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta terça-feira (16) pelo Ministério do Trabalho. No mês passado, as contratações superaram as demissões em 59.856 vagas. Foi o primeiro resultado positivo para abril desde 2014. De acordo com o G1, abril também foi o segundo mês de 2017 em que houve geração de empregos formais - em fevereiro, as contratações também superaram as demissões, em 35.612 vagas, no que foi o primeiro registro de criação de postos com carteira assinada no país em quase dois anos. Após o resultado positivo de fevereiro, porém, o país voltou a fechar vagas de trabalho em março. Naquele mês, 63.624 postos foram fechados. “Espero que no mês que vem, quando venhamos a conversar novamente, possamos comemorar essa expectativa da retomada do emprego no Brasil. Isso é uma tendência. Quanto maior o numero de pessoas consumindo, toda essa cadeia se fortalece. Esperamos que se concretize e se estabeleça esses números positivos”, disse o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

16 Mai 2017 - 07:30h

O percentual financiado na compra de um imóvel chegou ao menor nível desde 2007, de acordo com dados divulgados pela Abecip (Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) na segunda-feira (15). Segundo o órgão, o indicador LTV (Loan-to-value, em inglês) que mede a fatia do valor do imóvel financiada por bancos caiu a 58,2% em março deste ano -menor nível desde 2007, quando era de 56,4%. De acordo com a Veja, isso quer dizer que, um imóvel avaliado em R$ 100 mil, teria R$ 58,2 mil financiado pelas instituições bancárias. No ano passado, esse percentual era de 58,7%. O auge do crédito foi em 2014, quando 65,4% do total do valor de um imóvel era financiado pelos bancos, de acordo com a instituição.

16 Mai 2017 - 07:00h

Moradores da zona rural da cidade de Paramirim, no sudoeste baiano, dizem ter encontrado indícios de que no Povoado de Mateus foram achadas pedras preciosas. Segundo os moradores, na localidade, haveria rutilo, mineral composto de dióxido de titânio. 

Na propriedade do agricultor e pecuarista Jovilino Oliveira, em uma recente escavação, ele conseguiu retirar uma pedra com cerca de 40 kg. De acordo com o Paramirim Agora, o agricultor já recebeu uma proposta de venda da propriedade no valor de R$ 50 mil.

15 Mai 2017 - 17:30h

A economia brasileira voltou a crescer no primeiro trimestre deste ano e saiu da pior recessão de sua história, aponta o indicador do nível de atividade do Banco Central, divulgado nesta segunda-feira (15). O chamado Índice de Atividade Econômica, o IBC-Br, registrou crescimento de 1,12% de janeiro a março, na comparação com o trimestre anterior (outubro a dezembro de 2016). O IBC-BR é um indicador criado para tentar antecipar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB). Os números oficiais do PIB do primeiro trimestre deste ano, porém, serão divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) somente no dia 1º de junho. O país entrou na chamada “recessão técnica”, que se caracteriza por dois trimestres seguidos de contração do Produto Interno Bruto (PIB), no segundo trimestre de 2015, quando houve um tombo de 1,9% na atividade econômica. Se o IBGE confirmar o resultado positivo no primeiro trimestre, o Brasil terá interrompido uma série de oito trimestres consecutivos de recuo do nível de atividade. As informações são do G1.

15 Mai 2017 - 08:00h

O Sindicato dos Mineradores de Brumado e Microrregião solicitou da Magnesita a antecipação do pagamento do Programa de Remuneração Variável (PRV), do exercício de 2016, para o início deste mês de maio, vez que pelo Acordo Coletivo a empresa poderia fazer o pagamento até o dia 31. Em uma demonstração de compreensão com as dificuldades financeiras dos empregados, a empresa fará o pagamento hoje (15). Em relação ao Acordo Coletivo do PRV deste ano, o Sindmineradores e a Magnesita se reuniram no dia 25 de abril - a proposta da empresa seria submetida aos trabalhadores no dia 04 de maio. Em função dos questionamentos dos funcionários dos setores operacionais e técnicos administrativos em relação aos critérios diferenciados de contemplação em relação os cargos de supervisores e engenheiros, bem como para que o departamento jurídico fizesse uma melhor análise da proposta, a diretoria do sindicato adiou a referida assembleia. Segundo o presidente do Sindmineradores, Édio Pereira, foi solicitada uma nova reunião com a Magnesita para tratar dos pontos divergentes e, logo após, será agendada a assembleia em que o conteúdo da PRV/2017 será submetida a apreciação dos trabalhadores.

15 Mai 2017 - 07:00h

A terceira etapa para saque de FGTS inativo teve início na última sexta-feira (12) e levou centenas de brumadenses à agência da Caixa Econômica Federal (CEF), onde se formaram grandes filas. O calendário de saques deste mês atende às pessoas que nasceram nos meses de junho, julho e agosto. A região de Brumado agrega os municípios de Aracatu, Maetinga, Presidente Jânio Quadros, Malhada de Pedras e Guajeru. Somando todas as etapas, 7500 pessoas da região poderão sacar o benefício. O montante geral de saques previstos até junho deste ano é de mais de R$ 3.390 milhões. A maior parcela ficará na cidade de Brumado, que conta com cerca de 5.400 beneficiários. A Caixa Econômica ainda não divulgou quantas pessoas já sacaram o benefício e nem o montante retirado até o momento.

14 Mai 2017 - 09:30h

O presidente Michel Temer (PMDB) deu aval, para o reajuste do Bolsa Família acima da inflação acumulada até junho, a partir de 1º de julho. E o governo vai aproveitar o anúncio para lançar um pacote de medidas de estímulo à inclusão dos beneficiários do programa no mercado de trabalho. O Palácio do Planalto quer incentivar a formalização do emprego nas famílias que recebem recursos do programa de transferência de renda. De acordo com os dados do IBGE, até abril, a inflação medida pelo IPCA acumula o índice de 4,08% em 12 meses. Quem estiver no Bolsa Família e conseguir emprego com carteira assinada vai poder continuar recebendo o benefício por mais dois anos, desde que a remuneração não ultrapasse três salários mínimos. Se perder o emprego nesse período, poderá automaticamente retornar ao programa. O número de inscrição continuará válido. Segundo o Estadão Conteúdo, o pacote inclui a permanência de agentes do Sebrae nas cidades ou microrregiões do País para assessorar os participantes do programa a buscarem pequenos negócios. Uma linha de financiamento, que pode chegar a R$ 1 bilhão, será oferecida. O Bolsa Família, assim como o auxílio-doença, está passando por um pente-fino para identificar se os beneficiários têm realmente direito à ajuda do governo. Isso contribuiu para zerar a fila das pessoas que aguardam para ingressar no programa.

14 Mai 2017 - 08:00h

Os Correios devem apresentar ainda neste mês de maio uma proposta de reestruturação para tentar levar suas contas de volta ao azul, afirmou ao G1 o presidente da estatal, Guilherme Campos. A empresa soma cerca de R$ 4 bilhões de prejuízo entre 2015 e 2016. De acordo com ele, a reestruturação é fundamental para reverter o resultado negativo. Em março, o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que, se a empresa não promover o “equilíbrio rapidamente”, vai “caminhar para um processo de privatização”. Campos disse ainda que a estatal já estuda a viabilidade jurídica de corte de uma parte dos seus funcionários, após o resultado de seu Programa de Demissão Incentivada (PDI) ter ficado abaixo do esperado. Anunciado em novembro do ano passado, o PDI teve a adesão de cerca de 5,5 mil funcionários. No total, disse o presidente, 17 mil trabalhadores preenchiam os requisitos para participar do programa e a meta era de 8 mil adesões. A empresa também já havia anunciado o fechamento de agências. “Se com esse movimento [PDI] nós não tivermos um número satisfatório para chegar num ponto de equilíbrio, nós partiríamos para um modelo de demissão motivada”, disse Campos. Segundo ele, os alvos das demissões, se ocorrerem, serão os mesmos do PDI: funcionários do setor administrativo, com salários mais altos e que continuam trabalhando nos Correios apesar de já estarem aposentados. A estatal tem hoje cerca de 110 mil funcionários. Com a saída dos 5,5 mil que aderiram ao PDI, a estimativa é de economia de R$ 700 milhões por ano.

13 Mai 2017 - 09:30h

A chamada ‘lei da gorjeta’ passa a valer em todo o Brasil neste sábado (13), 60 dias após ter sido sancionada pelo presidente Michel Temer (PMDB). Ela regulamenta a cobrança e a divisão de gorjetas em restaurantes, hotéis, motéis e “estabelecimentos similares”, segundo o texto da lei. Para o cliente, nada vai mudar, o pagamento continua opcional. De acordo com o G1, especialistas afirmam que a lei é positiva porque deixa as regras claras e dá maior segurança jurídica para patrões e empregados. A principal mudança apontada é sobre a famosa “caixinha”. Hoje, cada estabelecimento faz de um jeito. Em alguns lugares, a gorjeta é paga “por fora”, com o valor integral para os funcionários. Agora, ela terá que constar na folha de pagamento, o que, por um lado, resulta em descontos no valor pago, e, por outro, melhora décimo terceiro, FGTS e aposentadoria.

13 Mai 2017 - 09:00h

A tarifa das contas de água e esgoto será reajustada em 8,8% na Bahia, a partir do mês de junho. O aumento foi divulgado pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), na sexta-feira (12). A agência informou que atendeu à solicitação que a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) havia feito há dois dias. A nova tarifa vai começar a ser cobrada no dia 6 de junho. A Agersa afirmou que autorizou o reajuste de forma extraordinária, após constatar um desequilíbrio financeiro na Embasa, com base em estudos da Fundação Instituto de Administração (FIA). Segundo a Agersa, os estudos apontam que, para corrigir o desequilíbrio gerado pela expansão dos serviços, a concessionária necessita de um incremento tarifário de 53,1%, percentual que não foi autorizado pela agência. A correção tarifaria autorizada, de acordo com a Agersa, pretende também garantir a continuidade dos investimentos que estão sendo feitos visando as necessidades de abastecimento em todas as regiões da Bahia, conforme argumentou a Embasa.

12 Mai 2017 - 17:30h

Em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a Prefeitura Municipal de Brumado, através da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), convida os mais diversos segmentos da sociedade, empresários, cidadãos, organizações governamentais e não governamentais, para uma Audiência Pública com a finalidade de apresentar os Relatórios das Metas Fiscais do 1° Quadrimestre do ano de 2017. A audiência será realizada no Salão Nobre da Câmara de Vereadores de Brumado, no dia 25 de maio de 2017, às 10h. A Câmara Municipal fica localizada na Praça Abias Azevedo, 145, no Bairro Monsenhor Antônio da Silveira Fagundes.

12 Mai 2017 - 14:00h

A semana tem sido boa para os comerciantes de Brumado. Isso porque o comércio sentiu um aumento nas vendas com a celebração do dia das mães que ocorre no próximo domingo (13). Segundo apurou o site Brumado Notícias, um levantamento parcial da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) aponta que já houve um aumento significativo nas vendas durante esta semana, o que deve se estender até a comemoração do dia dos namorados, em 11 de junho, data que coincide com o aniversário da cidade. Os dados da CDL destacam ainda uma adesão maior dos comerciantes à campanha que está sendo realizada pela entidade durante o período. A campanha irá sortear vários prêmios aos consumidores após os festejos juninos. Otimista, o presidente da CLD brumadense, Bruno Pitombo, acredita que em alguns ramos de atividades, como móveis, eletrônicos e eletrodomésticos, a projeção de vendas pode ser ainda melhor, alcançando 30% de aumento em picos de véspera das celebrações. “A reação dos consumidores e dos comerciantes é considerada boa neste momento, o que tem contagiado nas vendas nesse período”, ponderou o dirigente.

12 Mai 2017 - 13:30h

Os governadores dos estados do nordeste decidiram criar um plano para unificar as previdências complementares dos servidores da região. A adoção da medida foi discutida no 8º Encontro de Governadores do Nordeste, realizado na quinta-feira (11), em Salvador. A divulgação ocorreu após o encontro, que contou com representantes dos 9 estados da região. Conforme a Secretaria de Comunicação da Bahia (Secom-BA), a previdência complementar regional será chamada de PrevNordeste e visa a adesão dos estados à fundação de previdência complementar já existente na Bahia. De acordo com o G1, a gestão compartilhada dará celeridade à adoção da medida por todos os estados da região e vai ampliar a base de pessoas assistidas. Entre os benefícios da medida está a redução de custos com taxas administrativas. A proposta é que todos os estados nordestinos utilizem a estrutura em vigor na Bahia. A medida deve reduzir também o tempo de implantação da previdência complementar nos demais estados. Participaram do encontro os gestores de Alagoas, Renan Filho, do Ceará, Camilo Santana, do Maranhão, Flávio Dino, da Paraíba, Ricardo Coutinho, do Piauí, Wellington Dias, do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e o vice-governador de Sergipe, Belivaldo Chagas.

09 Mai 2017 - 13:30h

O governo federal fará um remanejamento dos recursos do FGTS para permitir um aporte de 2,54 bilhões de reais na linha de financiamento habitacional pró-cotista – a mais barata -, informou a Caixa, nesta segunda-feira. “A Caixa e o ministério das Cidades estão em tratativas finais para remanejamento de recursos do FGTS para aporte de 2,54 bilhões na linha pró-cotista”, afirmou o banco estatal em comunicado à imprensa. De acordo com a Veja, na sexta-feira, a Caixa havia informado a suspensão de novas contratações de crédito imobiliário com recursos do FGTS, a linha pró-cotista, o financiamento habitacional mais barato depois do Minha Casa Minha Vida.

09 Mai 2017 - 09:30h

No primeiro mês das novas regras do rotativo do cartão de crédito, as taxas de juros da modalidade dos principais bancos caíram praticamente pela metade, segundo pesquisa divulgada na segunda-feira (8) pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). Na terceira semana de abril, as taxas dos cinco maiores emissores de cartão foram de 456,6% ao ano para 233,9% ao ano, em média. Considerando os juros ao mês, a queda foi de 15,4% para 10,6%. De acordo com o G1, pela nova regra do o cartão de crédito, em vigor desde o dia 3 de abril, os clientes passaram a ter restrições para fazer o pagamento mínimo da fatura e acessar o crédito rotativo. Diferente do que ocorria antes, quem optar por pagar o valor mínimo da fatura não poderá fazer essa opção por vários meses consecutivos. Entenda como funciona. A restrição foi criada para coibir o uso do rotativo e obrigar os bancos a oferecer uma solução de parcelamento para o cartão de crédito com juros mais baratos.

05 Mai 2017 - 16:30h

A produção de carros, comerciais leves (picapes e furgões), caminhões e ônibus no Brasil cresceu 11,4% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado, afirmou nesta sexta-feira (6) a associação das montadoras (Anfavea). No total, 191.069 veículos saíram das fábricas instaladas no país em abril, contra 171.517 no mesmo mês de 2016. Na comparação com março, quando 235.433 unidades foram produzidas, houve queda de 18,8%. De acordo com o Auto Esporte, no acumulado do ano, 801.600 veículos foram produzidos, o que representa um aumento de 20,9%. Em 2016, a indústria fabricou 663.223 veículos de janeiro a abril. Apesar da alta na produção, as vendas não seguiram a mesma tendência. Em abril, houve queda 3,7% nos emplacamentos, com 156.894 unidades, contra 162.939 no mesmo mês de 2016, seguindo a tendência apontada pela associação das concessionárias (Fenabrave). Assim como a Fenabrave, a Anfavea atribuiu o resultado de vendas de abril aos poucos dias úteis, 18 ao todo. E destacou que a média diária de emplacamentos, no entanto, cresceu. Foi 7% maior que a de 1 ano atrás e 6% superior à de março.

04 Mai 2017 - 15:00h

A Prefeitura Municipal de Brumado, através da Secretaria da Fazenda (Sefaz), informa que a guia de recolhimento do Imposto Sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) 2017 começou a ser distribuída pelos Correios. O IPTU 2017 pode ser pago em cota única, com desconto de 10%, até o dia 30 de maio de 2017. Pelos Correios só está sendo distribuído o boleto para pagamento em cota única, porém, o contribuinte também pode optar pelo pagamento parcelado em até quatro vezes, com vencimento da primeira parcela no dia 30 de maio de 2017. Para isso, os interessados devem se dirigir ao Departamento de Tributos do Município ou acessar o Portal do Contribuinte através do link www.brumado.ba.gov.br/iptu para emitir a guia de recolhimento com essa opção. O boleto deve ser pago no Banco Bradesco ou em seus correspondentes. O IPTU é pago por pessoas físicas e jurídicas que possuam imóveis em seu nome. A arrecadação do imposto tem o objetivo de obter recursos financeiros para investimentos no município.

04 Mai 2017 - 10:00h

O site Brumado Notícias apurou que as obras de terraplanagem realizadas pela empresa Cortez Engenharia no canteiro de obras do Parque Eólico do distrito de Cristalândia, em Brumado, estão mais de 95% concluídas. O adiantamento das obras tem levado a empresa a dispensar uma boa quantidade de operários que atuavam na linha de produção. Em contrapartida, o empreendimento entrou em uma nova fase de obras que inclui a implantação das linhas de transmissão. Com a obra a todo vapor, outra remessa de operários, com qualificação para essa modalidade de serviços, está sendo recrutada, o que tem mantido a rotina de atividades em toda a extensão do empreendimento na Serra da Araras.

03 Mai 2017 - 10:30h

Na esteira da aprovação da reforma trabalhista pela Câmara, os deputados deverão trabalhar agora para aprovar mudanças na legislação do trabalho rural no país. Um projeto de lei do deputado Nilson Leitão (PSDB-MT) prevê alterar as leis que regulam essas relações, mas assim como a proposta geral, também é recheado de polêmicas. Um dos itens da nova reforma prevê que o empregado rural poderá trabalhar em troca de casa e comida, por exemplo, ao permitir que o patrão pague seus funcionários com uma “remuneração de qualquer espécie”. De acordo com a Veja, no artigo 3º, o projeto prevê que “empregado rural é toda pessoa física que, em propriedade rural ou prédio rústico, presta serviços de natureza não eventual a empregador rural ou agroindustrial, sob a dependência e subordinação deste e mediante salário ou remuneração de qualquer espécie”. O pagamento poderá ocorrer também via concessão de terras para plantio ou parte do lucro da produção. O deputado, da bancada ruralista, justifica as alterações afirmando que as leis que regulamentam o trabalho no campo atualmente desprezam “usos e costumes e a cultura do campo”.

03 Mai 2017 - 09:30h

Um novo sistema para pagamentos de boletos começa a funcionar em julho. Com o novo sistema, o boleto, mesmo vencido, poderá ser pago em qualquer banco. Além disso, o cálculo de juros e multa do boleto atrasado será feito automaticamente, o que reduzirá a necessidade de ir a um guichê de caixa e eliminará a possibilidade de erros no cálculo. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) está apresentando o novo sistema para empresas e jornalistas em várias cidades. Na apresentação, o diretor adjunto de Operações da Febraban, Walter Tadeu, lembrou que a nova plataforma vem sendo desenvolvida desde o ano passado, devido ao elevado número de fraudes em boletos. “A Nova Plataforma vai trazer mais segurança”, disse Tadeu. Ele acrescentou que o sistema atual tem mais de 20 anos de existência. Tadeu explicou que as informações de todos os boletos emitidos pelos bancos estarão na nova plataforma única, criada pela federação em parceria com a rede bancária. Na hora de pagar o boleto, os dados serão checados na plataforma. Se houver divergência de informações, o pagamento não será autorizado, e o consumidor só poderá pagar o boleto no banco que emitiu a cobrança, uma vez que somente essa instituição terá condições de conferir o que for necessário. As informações são da Agência Brasil.