Brumado: Hipótese de devolução do hospital ao estado é descartada por Fábio Vilas-Boas

30 Nov 2015 - 15:00h

O secretário de saúde do município de Brumado, Cláudio Feres, e o prefeito Aguiberto Lima Dias (PDT) chegaram a cogitar a devolução do Hospital Professor Magalhães Neto ao Estado alegando falta de condições financeiras para manter a unidade em funcionamento. Os motivos seriam a falta de repasse e a sobrecarga de gastos tendo em vista a grande demanda de atendimentos. O prefeito mencionou em entrevista ao site Brumado Notícias que Brumado está custeando sozinho a saúde da região, uma vez que o repasse dos municípios pactuados não sofreu reajuste e está defasado há anos. Em reunião recente entre o secretário e o conselho municipal de saúde, foram discutidas as dificuldades do município em suprir a atual demanda e com isso se cogitou a devolução da manutenção do hospital ao Estado. Hospital este que foi municipalizado em 1999, na gestão de Edmundo Pereira Santos, quando na época César Borges assumiu o governo estadual. No entanto, tal hipótese de devolução foi descartada pelo secretário estadual de saúde, Fábio Vilas-Boas, que em visita ao município no último sábado (28) disse que “essa possibilidade não existe, não se devolve um filho adotivo”. Já o prefeito Aguiberto Lima Dias declarou que “quem está com a batata quente que fique com ela”.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias