Brumado registra pelo menos um homicídio a cada quinze dias

10 Ago 2013 - 17:25h

O índice de violência em Brumado cresceu assustadoramente em 2013. Por causa disso, a população brumadense vive assustada e espera uma ação por parte dos governantes para que os índices de criminalidade sejam reduzidos. Além de ter o quarto maior índice de violência no primeiro semestre deste ano na Bahia, a capital do minério já registrou 14 homicídios em menos oito meses. Ou seja, a cada quinze dias uma vítima morre assassinada na cidade. As cobranças da população são muitas, principalmente no que se refere a uma iniciativa do Governo da Bahia e da Secretaria de Segurança Pública, que muito pouco fizeram até o momento pelo município na busca por combater a criminalidade. A construção de um presídio em Brumado chegou a ser anunciada, mas até agora nada de concreto foi feito para o início das obras da unidade prisional. As Polícias Civil e Militar também são bastante cobradas pela população, mas com pouco efetivo e falta de estrutura, fica difícil fazer um trabalho cada vez mais eficaz. No entanto, a polícia faz o que pode, sempre prezando pela segurança dos brumadenses. Enquanto isso, os números da violência continuam crescendo e a população continua esperando uma postura dinâmica do governo e da Secretaria de Segurança, que deveria começar pelo envio de policiais para a 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) e para a 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). Além disso, ambos precisam melhorar as condições de trabalho da polícia, a fim de que esta possa verdadeiramente realizar um policiamento ostensivo com número suficiente de oficiais. Só assim, com a polícia nas ruas, os marginais serão repreendidos e a cidade voltará a ter dias de paz. Para se ter uma ideia do caos que o município vivencia, 2013 já é o ano mais violento dos últimos dez anos em Brumado.

Comentários

Wesley Souza

"O que Brumado precisa é de um policiamento mais intenso nas áreas comerciais. Isso para amenizar a onda de assaltos que vem ocorrendo frequentemente. Quanto aos homicídios, tem que haver blitzs em períodos estratégicos para apreensão de drogas armas e produtos de roubos."

Maxuell Barreto

"2013, é o ano mais violento da historia de Brumado e não dos últimos 10 anos."

Deixar comentário

Comentário

mais notícias