Sérgio Moro envia ao STF processos que incluem lista da Odebrecht

28 Mar 2016 - 15:30h

O juiz federal Sérgio Moro encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) as investigações da 23ª e da 26ª fases da Operação Lava Jato. O despacho com a decisão foi assinado nesta segunda-feira (28) e inclui o envio da planilha de pagamentos da Odebrecht a políticos (veja mais). O documento foi apreendido na residência de Benedicto Barbosa da Silva Júnior, presidente da Construtora Norberto Odebrecht e lista mais de 200 beneficiários dos valores, que eram identificados com apelidos. A planilha foi encontrada durante a 26ª etapa da Lava Jato, batizada de 'Xepa'. Ela foi um desdobramento da 23ª fase, que recebeu o nome de 'Acarajé', termo usado pelos envolvidos no esquema de corrupção para se referir ao pagamento de propina em espécie. Segundo Moro, ainda é prematuro dizer que os pagamentos feitos pela Odebrecht apresentados na lista são legais ou ilegais. A Operação Xepa revelou que a construtora possui um “Setor de Operações Estruturadas”, destinado exclusivamente para administrar o pagamento de valores ilícitos. As propinas eram destinadas não só para obras do governo federal, como também para serviços de governos estaduais e municipais.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias