Pré-candidato a prefeito, Genivaldo Azevedo critica indicação da 18ª Ciretran em Brumado

30 Jun 2016 - 13:00h

Após descobrir que a 18ª Ciretran de Brumado vai ser chefiada pelo livramentense Cleber Cambuí, indicado pelo deputado Nelson Leal, o pré-candidato à prefeitura do município, Genivaldo Azevedo (PTdoB), não poupou críticas aos políticos da cidade. “Além de perder importantes órgãos estaduais, como Setaf, Direc-19, 19ª Dires, o único que ficou ainda tem a chefia indicada por políticos de Livramento. Cadê o ex-prefeito e ex-vice-governador Edmundo Pereira, representante do PT na cidade? Cadê o ex-prefeito e pré-candidato Eduardo Vasconcelos? Cadê o prefeito e pré-candidato Aguiberto Lima Dias, que apoiou o governador Rui Costa? Brumado só anda na contramão. Nos 16 anos do domínio do PMDB em Brumado pelo grupo de Edmundo, foram oposição ao governo do Estado, os 8 anos do governo de Eduardo foi marcado por momentos de apoio e oposição ao governo, e o prefeito atual, que deu total apoio a eleição do governador Rui Costa, não foi capaz de frear o esvaziamento dos órgãos do estado em Brumado e nem capaz de indicar a chefia do Ciretran. Por isso que Brumado precisa de renovação ou vai continuar na contramão”, ressaltou  Azevedo.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias