Senado aprova o impeachment de Dilma e Temer será efetivado presidente do Brasil

31 Ago 2016 - 13:38h

O plenário do Senado Federal decidiu pelo impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), por 61 a 20. A votação foi iniciada por volta das 13h30, após apresentação de quatro encaminhamentos. Os senadores decidem agora se Dilma ficará inabilitada a exercer cargos públicos pelos próximos oito anos. A sessão de julgamento final da petista ocorre desde a última quinta-feira (25). Michel Temer (PMDB) será efetivado presidente do Brasil.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias