Previsão de corte de 47% no orçamento pode provocar evasão no Ifba de Brumado

31 Out 2016 - 08:00h

Em Brumado, a direção do Instituto Federal da Bahia (Ifba)prevê dificuldades e até uma possível evasão de alunos a partir do próximo ano. Em entrevista ao site Brumado Notícias, o diretor Acirmanei Freitas declarou que, com o congelamento dos investimentos nas áreas da saúde e educação, o campus brumadense deixará de receber 47% do repasse, o que provocará uma queda dos atuais R$ 2,5 milhões para R$ 1,3 milhões. Nesse sentido, há uma grande preocupação referente a uma verba específica para os estudantes. Isso porque, com o corte, os alunos que moram em outros municípios terão de bancar as despesas com aluguel, alimentação e transporte. 

A situação pode causar uma evasão em massa de vários alunos. Na opinião do diretor, o governo federal terá de recuar com a proposta da PEC 241 a fim de não causar essa evasão de alunos não apenas do campus universitário como também dos campi das escolas técnicas. O diretor expôs ainda que com a redução dos repasses o setor administrativo do campus terá muita dificuldade para cumprir os vencimentos, honrando os pagamentos, funcionários e manutenção. Outra implicação apontada pelo diretor é com os laboratórios para complemento didático prático, o que poderá comprometer a formação acadêmica dos alunos.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias