Brumado: Após deixar a Educação, Ednéia Ataíde agradece e fala do aprendizado

12 Mai 2017 - 17:00h

Em nota, após deixar o comando da Secretaria Municipal de Educação, Ednéia Ataíde frisou que ocupava a função interinamente e que a proposta inicial era assumir a pasta por um período de 30 a 60 dias. Segundo ela, ao longo desse tempo, muitas mudanças aconteceram na educação do município, como as escolas em tempo integral e a reformatação do quadro de profissionais da educação, e isso acabou requerendo um tempo maior de dedicação “Durante esse período aprendi muito e só tenho a agradecer a administração pela oportunidade de mostrar um novo olhar na educação, ainda que tenhamos a consciência de que essas mudanças só trarão resultados no futuro. A gratificação que tive por esses dias não foi financeira, foi de satisfação profissional. A bagagem do aprendizado que estou levando comigo me impulsiona a lutar cada dia mais pela educação do meu município”, salientou. 

Ataíde disse ainda que acredita na proposta da escola de tempo integral e que continuará defendendo essa bandeira. “Tenho a consciência de que muitas coisas precisam ser melhoradas na estrutura física e pedagógica do tempo integral, mas sei do que já traçamos para que tudo isso seja resolvido. Em breve todos esses questionamentos perderão o sentido porque os serviços já estão começando a ser feitos. Fica o meu apelo aos pais e alunos: confiem. Esse início é só uma adaptação e no decorrer do ano vocês entenderão e apoiarão a proposta”, completou. Por fim, Ednéia Ataíde agradeceu aos colegas, diretores, equipe da Semec e, em especial, ao professor Adriano, a professora Acácia Gondim e ao prefeito Eduardo Vasconcelos. “A professora Acácia, parceira e mulher admirável, pela confiança na indicação do meu nome; ao professor Adriano pela perfeita assessoria e pelo companheirismo; e, por último, ao prefeito Eduardo, que de “coronel” pra mim não tem nada. Guardo a imagem do professor, do visionário, do brincalhão que pra tudo tem uma frase de algum escritor, daquele que consegue saber muito das mais diversas áreas e que em momento algum poupou palavras pra elogiar meu trabalho. Fica a admiração inquestionável. A convivência diária com ele nesse curto período foi mais uma graduação pra meu currículo”.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias