Presidente da Câmara de Lagoa Real nega que vereadores tenham reprovado projeto contra servidores

27 Dez 2017 - 12:00h

Em nota enviada ao site Achei Sudoeste, o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa Real, Edilson Joaquim Aguiar (PSD), esclareceu que são falsas as notícias que dão conta de que o Legislativo teria votado contra o projeto que visa o aumento salarial do servidor público ou qualquer outro que busca a melhoria da prestação dos serviços públicos. Para o parlamentar, as notícias são tendenciosas e de cunho partidário. De acordo com a nota, o que foi votado na Câmara Municipal, na última sessão, foi a Lei Orçamentária Anual (LOA), que reajustou o orçamento do município de R$ 37.500.000,00 em 2017, para R$ 40.230.000,00 em 2018. Além deste aumento orçamentário, os vereadores ainda autorizaram ao Executivo modificar, dentro das dotações orçamentárias, o valor de R$ 8.046.000,00. “Se o Executivo não fizer os devidos investimentos no município em 2018, é por pura falta de competência, nada tendo a haver com a Câmara. Mais uma vez, quem governa o município é o poder executivo, a Câmara faz o papel de fiscalizar a aplicação do dinheiro público, somente. É muito fácil e conveniente aos governantes que não têm a competência para administrar, tentar colocar a culpa de seus fracassos em seus opositores políticos”, destacou o presidente.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias