Cresce os investimentos nos sistemas de energia solar na região de Brumado

12 Jan 2018 - 12:00h

O cenário urbano do município de Brumado está mudando não apenas com a remodelação estrutural da arquitetura e surgimento de prédios comerciais e residenciais, mas também por conta da busca pela sustentabilidade. Nesse sentido, cresce a demanda pelos sistemas de captação de energia solar, os quais vêm se tornando cada vez mais comuns na paisagem da era moderna. A própria Administração Municipal já está elaborando um projeto visando à instalação do sistema para atender a demanda e reduzir as despesas de consumo nas repartições públicas. Com a crise hídrica que tem dificultado a geração de energia por meio do sistema convencional hidrelétrico, o governo federal, através da Aneel, lançou um programa que estimula os consumidores a gerar a própria energia residencial com o sistema de captação solar, o que já faz parte da rotina dos países de primeiro mundo.

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Ettore Meira Rocha, engenheiro em energia solar, ressaltou que Brumado está geograficamente beneficiado na região, assim como todo o Nordeste, por conta dos índices solares que favorecem a exploração da luminosidade do sol para a captação de energia limpa para consumo. O engenheiro aponta que, embora haja uma mudança de cultura com vistas à implantação do sistema em residências, ainda é baixo os investimentos para explorar o potencial natural disponível no município. O engenheiro esteve na sessão do Conselho Rural Sustentável, ocasião em que falou sobre o tema, angariando a atenção dos ruralistas que se mostraram interessados no modelo de implantação em suas comunidades, até mesmo na criação de sistemas comunitários nas respectivas regiões. Com a oferta de energia limpa cada vez mais atraente, os agentes financeiros iniciaram campanhas de financiamento para a aquisição e instalação residencial ou comercial. “Vamos ver cada mais pequenas usinas geradoras dentro do nosso meio social. É a energia do agora para preservação do amanhã”, pontuou o engenheiro.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias