PT ameaça não reconhecer resultado de eleição sem Lula

06 Fev 2018 - 11:30h

Presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, publicou um artigo no qual sinaliza que o partido não vai reconhecer o resultado das eleições deste ano caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja impedido de entrar na disputa. Lula foi condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá no dia 24 de janeiro deste ano, quando o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) julgou um recurso movido pela defesa de Lula. “A candidatura de Lula é vital para a democracia. Sem ela, teremos a ilegitimidade do processo eleitoral e a continuidade da ruptura do pacto democrático que fizemos na Constituição de 1988: voto soberano e eleições livres! Lula é – e será candidato – por ser inocente”, diz o texto publicado no site do partido. De acordo com a Veja, a tese de que é ilegítima a realização da disputa eleitoral para a Presidência da República sem a candidatura de Lula já vem sendo divulgada pelo PT desde antes do julgamento pelo TRF4 – a ideia é expressada claramente no slogan “Eleição sem Lula é fraude”, utilizado pelos movimentos de defesa do ex-presidente.

Comentários

Rodrigo Mello

"A hora dessa "CACHORRA LOUCA" está chegando, aguardem."

Deixar comentário

Comentário

mais notícias