Saúde, educação e infraestrutura projetam crescimento imobiliário em Brumado

09 Jul 2018 - 00:00h

Os agentes do mercado imobiliário estão se adiantando nos investimentos vislumbrando um retorno a longo prazo, a partir de 2020, em Brumado, diante das promissoras perspectivas de crescimento da cidade com projetos voltados para saúde, educação e mobilidade urbana. Na visão de alguns investidores do ramo, Brumado está dando um passo à frente e já desponta entre as cidades com maior potencial de crescimento imobiliário nos próximos dez anos. A maior barreira do ponto de vista dos agentes imobiliários pode ser o cenário da política nacional, o que será sentido com os resultados das eleições de outubro. No município, os atores do mercado imobiliário acreditam que, além das UTI’s, os prometidos projetos de estruturação da saúde, a implantação da escola de medicina, a sede própria da Uneb, os novos cursos universitários e as novas especializações técnicas e de graduação do Ifba devem atrair mais público, fomentando novas moradias em Brumado. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, os investimentos na mobilidade urbana também são vistos como atrativo para a projeção de crescimento da cidade, facilitando os acessos aos projetos na área da saúde e educação. Já é notória uma tendência de surgimento da moradia vertical, ou seja, os prédios de condomínios, que estão mudando o cenário paisagístico da cidade, além dos muitos bairros planejados, que também tem atraído a atenção para um novo conceito de moradia de uma boa parcela da classe mais abastada da cidade. “Saúde, educação e infraestrutura sempre são atrativos para novos investimentos que geram o progresso em qualquer sociedade. Brumado está lendo a cartilha e fazendo bem seu dever de casa, o que poderá ser avaliado nos próximos anos entre os maiores municípios do interior da Bahia. Esperamos que com bom retrospecto de qualidade de vida”, comentou o corretor Adonato Moreira.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias