Conselho de Segurança projeta monitoramento com 50 câmeras de vídeo em Caculé

14 Set 2018 - 14:00h

O Conselho de Segurança do Município de Caculé (Conseg) foi recentemente criado na cidade. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a presidente do órgão, Daiana Hoffmann, destacou que está sendo orçada a aquisição de 50 câmeras para o monitoramento do município. A ideia, segundo ela, é fazer o rateamento desses custos com o comércio e as instituições financeiras, visto que se trata de um conselho de segurança comunitário. “O Conseg tem se reunido e buscado algumas alternativas para o que se pode fazer de efetivo em prol da segurança pública da cidade”, declarou. Hoffmann destacou que os estudos apontam que a cidade monitorada pode apresentar redução de até 80% nos índices de criminalidade, uma vez que as câmeras inibem assaltos, roubos, entre outros delitos. A presidente do Conseg local reforçou a importância do órgão para o município, tendo em vista que Caculé possui um potencial econômico e comercial muito grande. A proposta, segundo informou, é que o sistema seja monitorado pela própria Polícia Militar.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias