Melhor em Casa completa nove meses com êxito em Brumado

28 Set 2018 - 11:00h

O programa Melhor em Casa, que atende pacientes imunodeprimidos e com dificuldades de locomoção em domicílio, completa nove meses em Brumado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a médica Renata Brito destacou que o objetivo é promover a desospitalização dos pacientes com quadros de impossibilidade à prestação de assistência em postos de saúde e unidades médicas e cuja internação hospitalar acarreta uma série de riscos, como o de infecção. A triagem para inclusão no programa funciona através de avaliação clínica e social. Já o Fisioterapeuta Thiago Allen explicou que a equipe que integra o Melhor em Casa é composta por um fisioterapeuta, uma médica, uma enfermeira, uma nutricionista, uma assistente social e quatro técnicas de enfermagem que trabalham em regime de plantão. A capacidade de atendimento é de até 60 pacientes. Para Allen, os resultados do atendimento domiciliar são muito positivos, especialmente no tratamento de reabilitação dos pacientes. Embora seja de âmbito federal, o programa é custeado, inicialmente, pelo Município.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias