Cândido Sales: Suspeito de ser dono de mais de 2 toneladas de maconha morre em tiroteio

11 Out 2018 - 16:20h

Um homem de 40 anos, suspeito de ser o dono de mais de duas toneladas de maconha, que foram apreendidas em um caminhão e de um carro de luxo, em Cândido Sales, na região sudoeste da Bahia, morreu, nesta quinta-feira (11), após se envolver em um confronto com policiais militares, na noite de quarta-feira (10). A informação é da PM. Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito, identificado como Marcos Lima Costa, se envolveu de uma troca de tiros com a polícia por volta das 21h, quando foi atingido. Segundo o G1, ele foi socorrido para o Hospital Municipal de Cândido Sales, mas, na manhã desta quinta, não resistiu aos ferimentos. De acordo com a PM, uma pistola e munições foram apreendidas com o suspeito. A PM informou que Marcos Costa foi o suspeito que conseguiu fugir do galpão, usado para armazenar entorpecentes. No local, a polícia encontrou 440 kg de maconha e um veículo de luxo com mais 60 kg da mesma droga, além de prender a mulher de Marcos, na noite de terça-feira (9).

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias