Novo sensor de raios solares ajuda a prevenir câncer de pele

07 Dez 2018 - 15:30h

Se você é daquelas pessoas que adoram pegar sol e acabam ficam com a pele vermelha e descascando, temos uma boa notícia para você: cientistas americanos criaram um pequeno sensor capaz de avisar ao usuário quando os níveis de luz solar estão altos o suficiente para danificar a pele. O dispositivo – que também alerta sobre os níveis de poluição e alérgenos – é o menor dispositivo do mundo e pode ser preso a qualquer parte do corpo, roupas e acessórios. Essa não é a primeira tecnologia a oferecer este tipo de proteção, mas o que a diferencia das demais é o seu tamanho realmente pequeno – 8 milímetros de largura, 1 milímetro de espessura e pesa 50 miligramas –, ser à prova d’água, ou seja, dá para usar na praia ou na piscina, e o preço acessível – 60 dólares (cerca de 235 reais). Segundo a L’Óreal, marca responsável pela invenção, o sensor não precisa de bateria (funciona com energia solar) e interage com smartphones para enviar ao usuário os dados captados no ambiente. Esperamos que as pessoas com informações sobre sua exposição aos raios UV desenvolvam hábitos mais saudáveis ??quando estiverem ao sol”, disse Steve Xu, co-autor do estudo, ao Daily Mail. A equipe acredita que o dispositivo vai ajudar os usuários a proteger melhor a pele e ainda pode auxiliar profissionais de saúde durante a administração de tratamentos à base de luz, como a terapia de luz, usada contra psoríase e outras doenças da pele.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário