Frentes sindicais protestam contra reforma da previdência em frente à Câmara de Vereadores de Brumado

25 Mar 2019 - 07:00h

Na última sexta-feira (22), várias frentes sindicais estiveram em frente à Câmara Municipal de Brumado protestando contra a reforma da previdência. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Vanuza Lôbo disse que todo cidadão brasileiro, servidor público principalmente, está tomado de tristeza e revolta diante da proposta. Para ela, é muito triste que as representações em Brumado não se entendem como agentes no processo dessa luta. “Esse projeto não está tirando só a minha previdência, está prejudicando todo trabalhador, independente de classe e sexo, vai atingir do menor ao maior”, destacou. Segundo ela, as manifestações são uma preparação para uma greve geral. “Essa reforma nefasta e desumana vai acabar e escravizar o povo brasileiro. Esse governo está prestando um desserviço”, avaliou, acrescentando que quem mantém a economia de pequenas cidades ainda são os aposentados. Participaram do movimento a APLB, o Sindsemb, o Sindferroviários e o Sindicato Rural.

Comentários

Amaury

"É fácil ser oposição, o PT e todos os partidos da esquerda ficou 14 anos e não tiveram a coragem e o interesse em reformar a previdência, a estadia de vocês no poder arrebentou a economia brasileira e a gora ficam chorando o leite derramado, sejam humildes e assumam os erros cometidos porque quem está pagando a conta é a população brasileira."

Deixar comentário

Comentário

mais notícias