Barra da Estiva: Conselho de Segurança reforma delegacia, mas celas continuam interditadas

29 Mar 2019 - 09:00h

Após a última rebelião, registrada em outubro do ano passado, a delegacia da cidade de Barra da Estiva teve de ser parcialmente interditada e o Conselho Comunitário de Segurança promoveu uma ampla reforma no local. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o presidente do órgão, Lúcio Cordeiro, disse que, embora não seja a sua função principal, o conselho também atua no suporte à segurança pública. Segundo ele, por conta da situação, os presos da unidade tiveram de ser transferidos para Brumado e Vitória da Conquista.

“Na impossibilidade do uso dessa estrutura para atender a necessidade da segurança em nossa cidade e região, entramos com essa reforma. Reformamos todas as celas e a parte externa pra melhorar o funcionamento da estrutura. Também reformamos a parte dos servidores com os equipamentos para o trabalho”, disse. 

Apesar da reforma, o presidente esclareceu que as celas continuam interditadas, visto que a empresa responsável pelo fornecimento dos alimentos aos presos rompeu o contrato com o Estado e a situação ainda não foi solucionada. “Uma questão complicada! Tem a estrutura aqui, mas, diante dessa impossibilidade, acaba gerando custo e um certo transtorno”, completou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias