Cansado de pagar a maior fatia, prefeito de Brumado busca recursos para manutenção da UTI

29 Mar 2019 - 10:00h

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto, foi inaugurada no dia 21 de dezembro de 2017, em Brumado. Ao site Achei Sudoeste, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) disse que, após 15 meses da inauguração, o Município está tendo muita dificuldade de manter os vinte leitos, principalmente levando em conta que a Administração está pagando mais do que deveria. “Estamos sendo verdadeiros heróis em honrar a despesa advinda de pacientes de outros municípios que são colocados em Brumado. Isso não é justo”, avaliou. Em agenda de compromissos em Brasília, na última segunda-feira (25), o prefeito disse que buscou junto ao Ministério da Saúde o credenciamento do equipamento de saúde a fim de que os recursos para manutenção da UTI sejam repassados diretamente ao Município. Isso porque, conforme explicou, o Governo do Estado envia o repasse esporadicamente. “Esse intermediário não é conveniente. Pra quê intermediário se o Município tem habilitação pra isso?”, criticou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias