Brumado: Notificações de arboviroses e aumento do Aedes-aegypti preocupa vigilância epidemiológica

25 Abr 2019 - 00:00h

Aumentou o número de casos de dengue e de outras arboviroses na cidade de Brumado em relação ao mesmo período do ano passado. A situação preocupa a Vigilância Epidemiológica Municipal (Vigep). Em entrevista Achei Sudoeste, a coordenadora da Vigep, Ilka Lima, destacou que os números não são alarmantes, mas preocupam o setor devido ao histórico de surtos registrado no município. “Já estamos tomando as devidas ações quanto a isso, mas receosos quanto ao que poderá acontecer devido ao período de chuva e agora o período quente, que é propício ao surgimento de mosquitos”, frisou. A coordenadora informou que já foram registrados casos positivos de dengue na cidade e o objetivo é identificar o tipo de vírus que circula no município, a fim de serem adotadas as melhores ações de combate ao mosquito. Segundo Lima, o índice de infestação predial do aedes-aegypti é de 2.4 em Brumado, considerado alto, porém ainda dentro da realidade do município. Os bairros onde há maior índice de infestação são o Dr. Juracy e o São Félix. A coordenadora fez um apelo à comunidade para redobrar os cuidados com recipientes que possam acumular água e serem um reservatório para proliferação do mosquito. “Precisamos estar sempre em alerta. Todo cuidado é pouco!”, reiterou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias