'Grande problema' do Brasil é a classe política, afirma Jair Bolsonaro

21 Mai 2019 - 09:30h

O presidente Jair Bolsonaro voltou a culpar, nesta segunda-feira, 20, os parlamentares e outras corporações pela dificuldade de tomar as medidas necessárias para colocar o país no “rumo certo”. Em discurso de quase meia hora na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Bolsonaro disse que o “grande problema é a classe política”, incluindo-se como parte do “problema”, e atribuiu as dificuldades de seu governo à imprensa, que, para ele, deveria “ser isenta”. “O Brasil é um país maravilhoso, que tem tudo pra dar certo. Mas o grande problema é a nossa classe política. É [sic] nós, Witzel, é [sic] nós, Crivella, sou eu, Jair Bolsonaro, é o Parlamento, em grande parte. É a Câmara Municipal, Assembleia Legislativa, nós temos que mudar isso”, disse o presidente, homenageado com a medalha Mérito Industrial, honraria entregue pela Firjan também ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. De acordo com a Veja, em outro momento, Bolsonaro afirmou que tem enfrentado “grupos corporativistas” e que conta com os empreendedores, público para o qual falava, a fim de “colocar o Brasil onde ele merece”. “Os senhores são verdadeiros heróis, pelo que têm de enfrentar das autoridades municipais, estaduais e do Executivo federal”, declarou. Ele deu como exemplo o que viu recentemente em sua viagem ao Texas, onde os impostos estaduais, disse, são zero. “O que eu tenho que oferecer a vocês é o meu patriotismo, a humildade, e a coragem de enfrentar grupos corporativistas e uma vontade enorme de colocar o Brasil no lugar em que ele merece”, continuou o presidente.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário