Jovem é preso por matar casal por dívida de R$ 500 no sudoeste da Bahia

22 Mai 2019 - 11:30h

Um jovem foi preso após matar um casal em Itapetinga, na região sudoeste da Bahia, na noite desta segunda-feira (20). Daniel Nunes de Souza, de 19 anos, alegou como causa do crime uma dívida de R$ 500 pela venda de um motosserra a Gervásio Moreira de Castro. Daniel matou Gervásio a golpes de facão e a mulher Miriam Partenostro Ferreira Castro por estrangulamento. Segundo o delegado Roberto Júnior, coordenador da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itapetinga), Daniel foi preso horas depois dos crimes. Ele levou os policiais até o local onde escondeu o corpo de Gervásio, a motosserra que motivou as mortes e R$ 400, que foram subtraídos da vítima. Segundo apuração, Daniel procurou Gervásio no distrito de Itaimbé, zona rural de Potiraguá. O acusado pediu uma carona até a localidade de Teixeira do Progresso, na cidade vizinha de Mascote. No trajeto, após pedir que Daniel parasse o carro para checar um pneu que estaria vazio, o acusado atacou a vítima com um facão. Depois de vários golpes na cabeça, ele levou o corpo para um matagal, às margens da estrada. De volta a Itaimbé, Daniel foi até a casa de Gervásio, onde assassinou a companheira dele Míriam Partenostro Ferreira Castro. Míriam permitiu o acesso de Daniel ao imóvel depois que ele alegou que atendia um pedido de Gervásio, para buscar a motosserra. A mulher foi estrangulada por Daniel, que utilizou as mãos e um fio elétrico para cometer o crime. Poucas horas depois, o criminoso foi preso em flagrante por uma guarnição da Polícia Militar.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias