Hospital Regional de Guanambi zera o número de pacientes no corredor após brumadense assumir direção

04 Jun 2019 - 16:00h

Depois da crise denunciada por diversos prefeitos da região no Hospital Regional de Guanambi (HRG), a 141 km de Brumado, mudanças positivas estão ocorrendo na unidade (Veja aqui, aqui,  aqui e aqui). As mudanças também aconteceram trinta dias depois da inspeção realizada pelo Secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, e após a substituição da diretoria, chefiada pela brumadense Paula Luísa Lima Melo de Barros. Uma das principais alterações diz respeito ao número de pacientes nos corredores, que foi zerado. De acordo com Vilas-Boas, o objetivo é ofertar um serviço de qualidade e resolutivo para a população. Além de reformas e ampliações, como a da farmácia e do almoxarifado, foram contratados novos profissionais, implantado o protocolo de classificação de risco, bem como a aquisição de novos equipamentos. O centro cirúrgico da unidade será duplicado, passando de três para seis salas cirúrgicas, o que possibilitará a realização do dobro de cirurgias. Também será licitada a construção de dez novos leitos de UTI Neonatal e um novo centro obstétrico.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário