Vitória da Conquista: Mulher processa Embasa após cano estourar e danificar estrutura de casa

12 Jun 2019 - 11:00h

Uma mulher processou a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) após um cano estourar e comprometer a estrutura da casa dela, em agosto de 2012, em Vitória da Conquista, a 132 km de Brumado. Remilza Dias morava em um apartamento no bairro Urbis 5. A mulher decidiu se mudar após ficar com medo de continuar na casa e reclama que não recebeu ajuda da Embasa para cobrir os gastos que teve com a mudança. De acordo com o G1, um perito contratado pela mulher fez um laudo que constatou que um cano estourou dentro da parede. A água alagou a parte debaixo da casa, por uma fossa. “Nesse dia a gente estava dormindo, eu levantei para preparar o menino para a escola, pisei no tapete do banheiro e estava cheio de água. Eu fiquei procurando de onde que vinha aquela água, aí foi quando o interfone tocou e o vizinho disse que tinha um vazamento no cano da água e a rua estava cheia de lama”, disse Remilza.

A estrutura do apartamento ficou abalada, porque o terreno ficou encharcado. Uma audiência de conciliação já foi realizada na Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), mas não houve acordo entre as partes. A Embasa informou que o problema aconteceu nas instalações hidráulicas internas do imóvel, e neste caso, a responsabilidade de manutenção é do proprietário da casa. A empresa também informou que distribui a água até o ponto de entrega localizado na caixa de hidrômetro e que aguarda a realização da perícia técnica para apurar responsabilidades do ocorrido.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias