Uso de smartphones está mudando o esqueleto humano

21 Jun 2019 - 16:30h

Para onde quer que se olhe é possível encontrar alguém com um smartphone na mão, seja verificando uma rede social ou assistindo a um vídeo no serviço de streaming. O hábito, no entanto, pode estar causando alterações na estrutura óssea do crânio. De acordo com pesquisadores, o ser humano, especialmente aqueles entre 18 e 30 anos, está desenvolvendo uma protuberância na base do crânio para que o corpo consiga suportar o peso da cabeça, que passa muito tempo inclinada para baixo por causa dos dispositivos eletrônicos. A alteração óssea, conhecida como protuberância occipital externa, às vezes é tão grande que pode ser sentida ao pressionar os dedos na base da cabeça – no caso das pessoas carecas, ela pode ser vista já que o cabelo não disfarça sua presença. “Sou médico há 20 anos, e somente na última década, tenho descoberto cada vez mais que meus pacientes têm esse crescimento no crânio”, comentou David Shahar, da Universidade de Sunshine Coast, na Austrália, à BBC.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias