Cesol assessora a produtividade da agricultura familiar nas regiões de Guanambi e Brumado

22 Jul 2019 - 11:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Julimar Aranha, agente de comercialização do Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Sertão Produtivo destacou que o órgão faz o acompanhamento dos empreendimentos da economia solidária e da agricultura familiar no território. “A gente presta uma assistência técnica para esses grupos de pequenas pessoas que têm o intuito de produzir alguma coisa, apontando as formas de conseguir alcançar o mercado. A gente dá esse suporte aos empreendimentos”, disse. Segundo Aranha, hoje, o Cesol identifica que os pequenos empreendedores têm produtos muito bons e de primeira qualidade, porém falta esse trabalho de assistência técnica prestado pelo órgão. O Cesol Sertão Produtivo também aponta os parceiros para viabilizar e melhorar o desempenho dos pequenos empreendedores da agricultura familiar e economia solidária. Atualmente, Aranha informou que cerca de 150 empreendimentos em todo território fazem parte do Cesol Sertão Produtivo. O órgão esteve presente na III Feira da Agricultura Familiar de Brumado.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias