Brumado: Após quase três anos sem conclusão, inquérito da morte do menino Kauã é arquivado

11 Nov 2019 - 07:00h

Após dois anos e onze meses sem elucidar o caso, a polícia civil de Brumado arquivou o inquérito que investigava a morte do menino Kauã Souza, que, na época do crime, tinha dez anos. Ele foi encontrado com o corpo parcialmente queimado no dia 21 dezembro de 2016, em um matagal nas proximidades da subestação de energia da Coelba, no Bairro Cidade das Esmeraldas. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o crime coberto de mistérios foi arquivado pelo delegado Samuel Paz no início deste mês. Segundo ele, a polícia civil não conseguiu chegar a autoria do crime e, por isso, o caso foi arquivado até que novas informações cheguem, possibilitando a reabertura do inquérito. Segundo o delegado, todos os meios de investigação foram esgotados. Paz ainda ressaltou que faltou maior apoio da população para elucidação do caso. “O que não tivemos foi um apoio maior da população brumadense em nos trazer denúncias, porque é muito estranho uma criança em companhia de adultos e ninguém perceber essa presença”, afirmou Paz.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário