Rio de Contas: Exploração mineral irregular pode ter sido causa do incêndio na Serra das Almas

13 Nov 2019 - 12:00h

Na última terça-feira (12), a equipe da 20ª Coorpin, com o apoio da delegacia de Livramento de Nossa Senhora, prendeu Hércules de Almeida Hermely, de 57 anos, proprietário de uma mineradora. Ele é suspeito de armazenar material explosivo em um depósito clandestino e causar o incêndio que atingiu a Serra das Almas, em Rio de Contas. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o delegado coordenador da 20ª Coorpin, Arilano Botelho, disse que o suspeito estaria usando artefatos explosivos para a exploração de minério na região. “Ele seria um dos suspeitos de ter provocado esse incêndio. Ainda estamos em fase de investigação”, informou. Segundo o delegado, após mandado de busca e apreensão, foi encontrada na residência do acusado grande quantidade de material explosivo usado na extração mineral, bem como aves nativas e munições diversas. O autor foi autuado em flagrante delito em razão da clandestinidade da atividade. Botelho fez questão de enfatizar que a investigação continua e o indivíduo ainda é considerado apenas suspeito. “A princípio, ele está respondendo ao flagrante por posse de material explosivo e munição, mas as investigações vão continuar e alguns outros crimes poderão ser imputados a ele”, concluiu.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias