Morre aos 90 anos João Nunes, músico há quatro décadas na Lira Ceciliana Brumadense

16 Jan 2020 - 15:00h

A arte acordou mais triste nesta quinta-feira (16), em Brumado, com o falecimento do músico João de Souza Nunes. Nascido no dia 1º de novembro de 1929, na cidade de Rio de Contas, em uma família de 12 irmãos, Seu João da Lira, como era conhecido, tomou gosto pela música ainda criança. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, aos 12 anos de idade, ingressou na Lira dos Artistas em sua terra natal. No início da década de 1970, João Nunes mudou-se para Brumado, a convite de Joaquim Gomes Pereira, o Seu Quinquim, presidente da Lira Ceciliana Brumadense na época. Ele permaneceu por mais de 40 anos na filarmônica. Logo que chegou a Brumado, o músico foi trabalhar para prefeitura, lançando e recolhendo animais das ruas. Mais tarde, trabalhou como porteiro nas escolas públicas, onde dividia o seu tempo entre o trabalho, os ensaios e apresentações da Lira e na criação de 10 dos 11 filhos gerados com a esposa de toda a vida, Laudelina Maria da Conceição Nunes, merendeira escolar, com quem conviveu por 64 anos. Nos últimos três anos, João, já acamado, vinha lutando contra vários problemas de saúde, alternando períodos entre casa e hospital. Após consecutivas batalhas, o músico descansou no início da manhã de hoje. Católico devoto, sempre se fazia presente aos principais eventos da Paróquia do Bom do Jesus. Familiares e amigos estão velando o corpo de João Nunes no Salão Paroquial, localizado na Rua Teodoro Sampaio, ao lado da Igreja Matriz. O sepultamento está marcado para às 11h desta sexta-feira (17).

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias