Justiça autoriza goleiro Bruno a se mudar para o Rio de Janeiro

30 Mar 2020 - 09:30h

A Justiça de Minas Gerais autorizou o goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte da modelo Eliza Samúdio, a se mudar para Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio. A defesa de Bruno pediu autorização à Vara de Execuções Penais da cidade mineira de Varginhas, onde Bruno continuava a cumprir a pena pelo crime em regime domiciliar. De acordo com o jornal Extra, a decisão do juiz Tarcísio Moreira de Souza, da Vara de Execuções Penais de Varginha, é do último dia 18. O Ministério Público foi a favor do pedido dos advogados do goleiro. Nesse sábado, Bruno fez uma postagem em seu Instagram se despedindo de amigos que fez em Minas. Ele, no entanto, cita no texto que está indo para Cabo Frio, que também fica na Região dos Lagos, mas a cerca de 10 quilômetros de Arraial do Cabo. “Rapaziada, quero agradecer a todos por todos nossos momentos. Não foi despedida..foi apenas um até breve! Partiu Cabo Frio! Obrigado, amigos. Obrigado, Varginha”, escreveu ele na rede social em uma foto com amigos. No início deste mês, o juiz havia pedido que Bruno informasse à Justiça se estava trabalhando. O magistrado determinou que a defesa do atleta fosse intimada para apresentar “comprovante de ocupação lícita” e informar o atual endereço do cliente. Na petição que respondeu aos questionamentos do juiz, a defesa de Bruno pediu a mudança de endereço de Varginhas para o Rio.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias