PMDB indica Renan para disputar presidência do Senado

31 Jan 2015 - 08:00h

O PMDB oficializou ontem (30) que o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) será o candidato do partido na disputa pela presidência do Senado. A reunião da bancada do partido terminou com 15 dos 19 senadores pemedebistas se manifestando a favor da reeleição de Renan, que é o atual presidente da Casa. Desde terça-feira (27) o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) anunciou que irá disputar a presidência do Senado, independentemente da indicação oficial de seu partido. Luiz Henrique já recebeu o apoio de representantes de seis partidos – PDT, PSDB, DEM, PSB, PP e PSOL – além de alguns colegas do próprio PMDB. Como já tinha tomado a decisão “irrevogável” de entrar na disputa, Luiz Henrique optou por não participar da reunião do PMDB, e encaminhou uma carta aos colegas na qual comunicou a candidatura avulsa. Como historicamente a indicação do presidente é feita pelo partido com maior bancada, o senador Renan Calheiros criticou a decisão de Luiz Henrique de concorrer mesmo não tendo o aval do PMDB. As informações são da Agência Brasil.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias