Achei Sudoeste




PT terá de devolver R$ 7 milhões aos cofres públicos por irregularidades nas contas

29 Abr 2016 - 12:30h

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, aprovou com ressalvas as contas do Diretório Nacional do PT referentes ao ano de 2010. Ele determinou que o partido devolva R$ 7 milhões aos cofres públicos por conta das irregularidades detectadas. Na última terça-feira (26), o TSE também aprovou com ressalvas as contas do PSDB de 2010 e ordenou a devolução de R$ 1,1 milhão por problemas na apresentação de notas fiscais. Na terça, o TSE analisou as contas de 11 partidos. Foram aprovadas com ressalvas as contas referentes a 2010 do PCdoB, PSB, PSDC, PV, PR, PSDB, PTN e PMDB. O PRTB, PMN e PDT tiveram as contas desaprovadas.