Achei Sudoeste




Professora é ameaçada por aluna, dá nota 10 para toda turma e é demitida

31 Ago 2016 - 07:30h

A professora de direito Bárbara Cruvinel foi demitida da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) depois de dar nota dez para todos os alunos da sala. De acordo com o G1, a professora disse ter sido ameaçada depois que uma estudante perdeu na disciplina de Direito Civil. Professora há oito anos, Bárbara afirma não ter tido respaldo da instituição e diz que a aluna chegou a ameaçar seus filhos. “Ela me falava que queria outra nota, ou outra prova, ou rever a média e que ela iria resolver naquele dia e naquela hora sob pena de doer a mim e ou aos meus filhos”, contou. A história foi confirmada por um aluno, que preferiu não se identificar.  Bárbara usou seu perfil nas redes sociais para desabafar sobre o caso. De acordo com a professora, ela chegou a procurar a universidade para reclamar sobre a conduta da aluna, mas não obteve resposta. Com medo, ela alterou a nota de todos da turma, inclusive da aluna que a ameaçou. Após o episódio, a professora foi demitida e, segundo ela, não foi informada o motivo de sua demissão. Na segunda-feira (29), estudantes do curso fizeram um protesto para pedir recontratação de Bárbara.  Em nota, a assessoria de imprensa da PUC-GO informou que Bárbara foi demitida por problemas “didáticos - pedagógicos, apresentados pela mesma”. Porém, a instituição se recusou a entrar em detalhes sobre o motivo da demissão.