Achei Sudoeste




Dívida de R$ 100 seria motivo para assassinato de homem em Guanambi

31 Jul 2018 - 09:00h

Em entrevista à Rádio Visão FM, de Palmas de Monte Alto, o delegado da Polícia Civil lotado na 22ª Coordenaria de Polícia do Interior (Coorpin), Rhudson Silva Barcelos, falou sobre o caso de Robério Guilhermino da Silva, de 44 anos, que morreu após ser espancado e esfaqueado durante uma confusão registrada no último sábado (28), dentro de um bar, em Guanambi, a 141 km de BRumado. Segundo o delegado, a confusão teve início por conta de uma dívida no valor de R$ 100 que a vítima havia contraído com um dos autores do crime, Jamilton Santos da Conceição. Conforme o policial, os irmãos confessaram o crime, mas alegaram legítima defesa. Eles contaram a versão de que a vítima pegou uma faca e tentou atingir um dos acusados, Cleiton Santos da Conceição, momento em que Jamilton entrou em luta corporal com Robério. Em seguida, os detidos começaram a espancar e esfaquear Robério, que acabou falecendo na emergência do Hospital Regional de Guanambi. Na entrevista, Rhudson esclareceu que os acusados serão indiciados por homicídio qualificado por motivo fútil.