Achei Sudoeste




Contas do setor público têm rombo de R$ 14,4 bi no 1º semestre

31 Jul 2018 - 10:30h

O setor público consolidado (governo central, estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) apresentou déficit primário de 13,491 bilhões de reais em junho, informou nesta segunda-feira (30) o Banco Central. Em maio, havia sido registrado déficit de 8,224 bilhões de reais. Nos primeiros seis meses deste ano, o déficit do setor público foi de 14,424 bilhões de reais, ante um rombo de 35,183 bilhões de reais no primeiro semestre do ano passado. A meta do déficit primário do setor público consolidado considerada pelo governo é de 161,3 bilhões de reais para 2018. O resultado fiscal de junho foi composto por um déficit de 14,951 bilhões de reais do governo central (Tesouro, Banco Central e INSS). Já os governos regionais (estados e municípios) influenciaram o resultado positivamente com 353 milhões de reais no mês. Enquanto os estados registraram um superávit de 6 milhões de reais, os municípios tiveram resultado positivo de 347 milhões de reais. As empresas estatais registraram superávit primário de 1,107 bilhão de reais.