Achei Sudoeste




Clínica Mais Vida: Pediatra Ramonna Baleeiro destaca a importância do aleitamento materno

31 Ago 2018 - 10:30h

O mês de agosto foi escolhido para se realizar a divulgação de toda a importância do aleitamento materno em uma campanha denominada: “Agosto Dourado”. Mas será que se é possível apresentar em trinta dias tudo o que representa esse ato na vida dos pequeninos?  Amamentar é muito mais do que se pode imaginar, não se trata simplesmente de oferecer um alimento aos filhos e sim dar o que há de melhor para toda a sua vida, pois o leite humano é o único alimento capaz de oferecer todos os nutrientes na quantidade exata que a criança precisa, garantindo o melhor crescimento e desenvolvimento, não existindo outro alimento capaz de substituí-lo. Trata-se de um alimento vivo, econômico, que está sempre pronto e vem sem contaminação. Ele muda de composição, sabor e volume durante todo o período de amamentação — inclusive do começo para o final da mamada e da manhã para a noite — e traz proteção contra doenças alérgicas e infecciosas. Claro, que existe ainda um lado muito formidável que é o maior ato de amor que podemos oferecer aos nossos filhos, pois apesar de ser natural, a amamentação não é algo fácil, exige dedicação, mas a recompensa em termos essas “criaturinhas” aconchegadas a nós e sentindo todo o carinho e amor, já nos retribui de forma esplendorosa. “E um momento de muito prazer”. A recomendação da Organização Mundial de Saúde, do Ministério da Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria é a seguinte: aleitamento materno desde a sala de parto, exclusivo e em livre-demanda até o 6º mês, estendido até 2 anos ou mais. O apoio da família e dos amigos é muito importante para a mãe, proporcionando uma situação favorável para que ela consiga amamentar com tranquilidade. Lembrem-se: “Amamentação é a base da vida”.  Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496.