Achei Sudoeste




Brumado: Juiz cobra mais atenção familiar na prevenção do envolvimento de crianças e jovens com as drogas

12 Out 2018 - 00:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o Juiz da Vara da Infância e Juventude de Brumado, Genivaldo Alves Guimarães, destacou que é crescente o número de crianças e adolescentes envolvidos com o tráfico e o consumo de drogas. Segundo ele, há algumas décadas, a situação vem tomando proporções lamentáveis e as famílias têm perdido o controle sobre os seus filhos. Para o magistrado, a sociedade vem passando por transformações que favorecem o acesso de crianças e adolescentes às drogas. “Ao contrário do que muitos pensam, isso não é um problema do usuário. Temos que entender que as drogas representam um risco a toda a coletividade. Entre os malefícios causados pela disseminação de drogas, posso exemplificar: diversas modalidades de violência, inclusive guerras entre facções, acidentes de trânsito, mau desempenho escolar e, o maior deles, o consumo de recursos públicos com o tratamento de dependentes”, declarou. O juiz ainda reforçou que há um interesse social em combater o tráfico e o consumo de drogas. Para reverter o quadro, Guimarães salientou que, inicialmente, as famílias devem estar mais atentas à criação dos seus filhos, impondo limites e regras, além de um maior controle do estado. “O tráfico de drogas é um crime contra a saúde pública”, finalizou.