Achei Sudoeste




Direção do Presídio Nilton Gonçalves investiga golpe de falsos empregos para a unidade de Brumado

12 Jul 2019 - 00:00h

O diretor do Presídio Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista, Alexsandro Silva, esteve na cidade de Brumado a fim de investigar um possível golpe que estaria sendo aplicado na unidade prisional do município. As primeiras informações dão conta de que estelionatários estão recrutando currículos, com cobrança de taxas, para funcionamento do presídio. “Recebi uma denúncia informando que tem uma empresa e pessoas aqui em Brumado coletando currículos e cobrando por isso com a finalidade de serem contratados para o conjunto penal”, informou Silva ao site Achei Sudoeste. O diretor ressaltou que a unidade ainda não está funcionando por conta de uma decisão judicial. “Enquanto houver essa liminar, o Estado está impossibilitado de inaugurar. Até que isso seja resolvido, a Secretaria de Administração Penitenciária - Seap não está recolhendo currículos. Inclusive, não será a Seap que recolherá diretamente. Há uma empresa, a Lenos Passos, que já ganhou essa licitação e somente ela poderá fazer qualquer processo seletivo para qualquer função no presídio”, frisou. Segundo ele, qualquer coisa fora disso, é especulação ou estelionato.  O caso está sendo investigado e as pessoas envolvidas podem ter atuado no presídio de Vitória da Conquista.