Achei Sudoeste




Defesa de Eduardo Cunha pede à Justiça prisão domiciliar

02 Dez 2019 - 13:30h

A defesa de Eduardo Cunha (MDB) pediu à Justiça que o ex-presidente da Câmara deixe Bangu 8 para cumprir o resto de sua pena em prisão domiciliar. Motivo: alega que Cunha está doente e sofre de “lesão aneurismática cerebral”. De acordo com o colunista Lauro Jardim do jornal o Globo, a decisão cabe ao juiz da Vara de Execuções Penais, Rafael Estrela. Ele pediu que a Secretaria de Assistência Penitenciária (Seap) elabore um laudo oficial. Quer saber o quão doente Cunha está e se a Seap tem condições de garantir tratamento e boas condições a sua saúde na prisão.