Prefeitura não abastece viatura e Guarda Municipal é impedida de realizar ronda escolar

20 Fev 2018 - 09:00h

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Brumado continua impedida de retomar o projeto da ronda escolar por conta da falta de abastecimento da viatura utilizada no patrulhamento das unidades de ensino. Através de um acerto entre a Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) e a 18ª Ciretran foi liberada a identificação da placa com as iniciais da GCM para uso interno na sede do município, porém o setor de finanças ainda não liberou a cota de abastecimento para atender o veículo, o qual permanece inoperante no estacionamento do paço municipal. Ao site Achei Sudoeste, professores e pais dos alunos cobram para que o projeto seja restabelecido no intuito de ofertar uma melhor sensação de segurança nas escolas. “Ficava mais tranquila em mandar minha filha pra escola quando tinha a ronda escolar. A presença dos guardas inibia muito os elementos de tentar contra os estudantes na porta das escolas. Antes da ronda, minha filha foi abordada por dois marginais que tomaram o celular dela. Foi um trauma de quase um mês até ela se habituar a voltar a estudar. Por isso faço esse apelo para que a prefeitura permita o retorno do projeto”, disse a autônoma Gerusa Alves. “Com as rondas, meu filho começou a melhorar na escola, pois ele se envolveu muito com as aulas de futsal e os guardas cobravam boa disciplina na sala de aula. Eles estão fazendo a parte deles e acho muito bonita essa iniciativa. Espero que continue este ano”, comentou a mãe de um aluno do Caic. Nossa reportagem tentou contato com o secretário municipal de finanças para tratar do assunto, mas o mesmo encontra-se viajando.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias