Casos de assédio moral e sexual são comuns no sudoeste baiano, diz Sindbancários

07 Jul 2022 - 11:00h

São muitos os relatos de assédio, moral e sexual, de funcionários de agências bancárias na região de atuação do Sindicato dos Bancários da Região Sudoeste da Bahia. Para combater essa dura realidade, o órgão realizou uma manifestação nesta terça-feira (05) (veja aqui). Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o presidente do Sindbancários, Leonardo Viana, disse que o sindicato tem lutado para combater esse crime e tem conseguido resultados exitosos em ações judiciais. “Do ponto de vista do assédio moral, temos um caso emblemático no Itaú em Vitória da Conquista. O banco foi condenado a pagar R$ 1 milhão de indenização por danos morais coletivo porque fizemos uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho de que estava havendo assédio moral contra os funcionários da agência”, relatou. Viana frisou que o órgão incentiva os trabalhadores a procurarem o Sindbancários e fazerem as denúncias devidas. “Esse tema está na agenda do nosso cotidiano”, completou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias