Achei Sudoeste




Alessandro Lôbo apresenta projeto para proibir uso de capacete em locais públicos e privados

22 Out 2013 - 10:50h

O presidente da Câmara de Vereadores de Brumado, Alessandro Lôbo (PSL), apresentou durante a sessão legislativa da última segunda-feira (21) um projeto que proíbe o uso de capacete em estabelecimentos públicos e privados do município. Lôbo argumentou que o capacete se tornou uma “ferramenta de camuflagem” para a prática de assaltos na cidade. O projeto deve ser votado na próxima sessão. Em entrevista ao site Brumado Notícias, Alessandro declarou que o objetivo é inibir a ação dos assaltantes. “Eles sabem que muitos estabelecimentos comerciais e públicos contam com câmeras de segurança e por isso não retiram os capacetes para não serem identificados. O projeto que estou apresentando visa coibir esse tipo de ação e se tornar uma ferramenta a mais no auxílio à segurança pública”, esclareceu o parlamentar.

Vários estabelecimentos públicos e privados da cidade, a exemplo do Juizado de Pequenas Causas, já expõem cartazes e placas com o aviso de proibição do uso do capacete. Os comerciantes apelam para que a Câmara aprove o projeto. “O capacete é um amigo de quem está na moto, mas se tornou um inimigo da segurança pública, pois esconde quem faz mau uso dele. Temos que tomar medidas preventivas quanto a isso e esse projeto vem para reforçar a campanha que já é feita em vários estabelecimentos do município”, disse um empresário a nossa reportagem.