Achei Sudoeste




Brumado: Prefeito comemora reabertura do comércio e direciona atenção ao retorno das aulas

02 Jul 2020 - 15:30h

Durante reunião da comissão de enfrentamento ao coronavírus na cidade de Brumado, realizada na manhã em desta quinta-feira (02), o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos comemorou a decisão do Superior Tribunal Federal (STF), que derrubou a liminar do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e garantiu o retorno do funcionamento do comércio no município. Na oportunidade, o prefeito apresentou o novo decreto municipal, de número 5.298, que revoga o decreto anterior, o qual suspendia os decretos de flexibilização dos serviços não essenciais. Ele destacou que o momento é diferenciado, pois o município vem mantendo o achatamento da curva de progressão do vírus. Outro fator argumentado é que não existe ocupação em nenhum dos 15 leitos clínicos disponibilizados para enfrentamento à pandemia no Centro de Atendimento Covid-19. Com a questão solucionada, o chefe do administrativo declarou que, agora, as atenções se voltam para retomada do ano letivo. “Seria um grande prejuízo para o desenvolvimento social dos alunos a perda de um ano de escolaridade, caso não consigamos retomar as aulas neste ano de 2020”, ressaltou, acrescentando que espera retomar as aulas até o final do mês de julho. 

Para tanto, o gestor tem consultado a assessoria jurídica no intuito de apresentar os caminhos viáveis para a retomada das atividades escolares na cidade. A administração e a secretaria de educação até cogitaram implantar um sistema de rodízio dos alunos, porém o prefeito lamentou não dispor de uma quantidade maior de professores para atender a demanda. A prefeitura está estudando um meio seguro para que as aulas possam retornar até o final deste mês, caso contrário, o prefeito acredita que o município ficará impossibilitado de cumprir a determinação do Ministério da Educação (MEC) de garantir 210 dias de ano letivo para os alunos da rede pública de ensino.