Achei Sudoeste




Brumadenses que gostam de improvisar

17 Jun 2013 - 15:56h

Já é sabido que baiano gosta de se aparecer, atitude mantida em Brumado, onde encontramos muitos munícipes com um jeitinho manhoso de estar em evidência e até mesmo de lucrar com inusitados improvisos. O Brumado Notícias reuniu, na manhã do último domingo, 16, dois exemplos típicos que gostam de chamar a atenção. Simples no seu modo de vida, o aposentado Sebastião Francisco de Souza, conhecedor das rodovias litorâneas e do sertão baiano, resolveu auxiliar os viajantes agindo como um ‘guia turístico’ na margem da BA-262. ‘O guia’, que já foi motorista, fornece informações a respeito das rodovias em todo o estado, vende mapas rodoviários por R$ 5,00 e ainda dá dicas de cargas de caminhão. Com um guarda sol, placas informativas e na companhia de sua Variante 1971, apelidada de ‘sucatinha’, Sebastião já é conhecido por turistas de diversas partes do país que passam pela rótula do anel viário, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). “Meu objetivo aqui é informar os turistas e viajantes em geral para não se perderem ao logo das viagens. Eu e a sucatinha estamos aqui para prestar esse serviço que considero ser de utilidade pública”, contou o aposentado. E durante a nossa reportagem, eis que aparece o senhor Gabriel Amorim, com sua bicicleta de 19 marchas, três buzinas e outras parafernálias desfilando pela rodovia. “Tenho doze anos com essa bicicleta e tenho mais ciúmes da minha magrela do que da esposa”, afirmou o ciclista com um largo sorriso no rosto.