Achei Sudoeste




Acordar cedo reduz o risco de câncer de mama

08 Nov 2018 - 10:30h

Mulheres que preferem acordar cedo apresentam risco até 48% menor de desenvolver câncer de mama, aponta estudo apresentado na 2018 NCRI Cancer Conference, que aconteceu esta semana na Escócia. Os cientistas descobriram também que as mulheres que dormem mais do que as oito horas recomendadas por noite estavam mais propensas a apresentar a doença, valor que aumentava em 20% a cada hora dormida a mais. Já a Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou recentemente que trabalhar no período noturno poder aumentar a probabilidade de câncer em mulheres. Para os pesquisadores os resultados do novo estudo são relevantes já que a qualidade do sono (ou a falta dela) interfere em diversas funções biológicas, inclusive no surgimento de doenças, como depressão. Por isso, a comunidade científica está sempre investigando a relação entre o sono e os riscos de doenças em geral como forma de descobrir que tipo de modificações comportamentais podem ajudar a reduzi-los.