Achei Sudoeste




Urandi: Prefeito não decretou lockdown ou toque de recolher por falta de contingente policial na cidade

22 Mai 2020 - 08:00h

Com apenas dois policiais, o prefeito da cidade de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), declarou que não é possível decretar o lockdown ou o toque de recolher, mesmo com o aparecimento de inúmeros casos de coronavírus no município. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele afirmou que o contingente não teria condições de fiscalizar o cumprimento das medidas. Meira cobrou do Governo do Estado a elaboração de um plano de enfrentamento à pandemia na cidade, que não tem estrutura de saúde suficiente para atender a demanda em se tratando da questão. “O Governo do Estado tem que dar suporte para o nosso município. Vou perguntar ao secretário de saúde de Urandi não faz parte da Bahia. Precisamos muito do apoio do estado para que as coisas não piorem”, criticou.