Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Urandi"

07 Jun 2020 - 05:00h

A cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, continua tendo crescimento nos casos positivos da Covid-19, o novo coronavírus. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado no sábado (06), 106 pacientes se infectaram com a doença no município. Segundo a secretaria de saúde, 71 foram curados e dois foram a óbito. No momento, 35 pessoas estão com o vírus ativo.  O boletim ainda aponta que 667 casos foram descartados com 253 notificações de síndrome gripal, 616 pessoas monitoradas pela vigilância e 38 pacientes em isolamento domiciliar.

05 Jun 2020 - 14:30h

De acordo com boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde de Urandi, a 205 km de Brumado, mais 10 novos casos da Covid-19 foram registrados. O total de pessoas contaminadas chegou a 89 – 68 já estão curadas. O município registrou duas mortes, uma mulher de 72 anos e um homem idoso. Com uma população de 17 mil habitantes, Urandi é considerado o epicentro da doença na região sudoeste. Para o prefeito Dorival Barbosa do Carmo (PP), o vírus chegou à cidade através dos trabalhadores de uma empresa de linha de transmissão de energia.

04 Jun 2020 - 12:00h

Em meio há 79 casos da Covid-19, a cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, já registrou dois óbitos decorrentes da doença: uma mulher de 72 anos, cardiopata, e um idoso que já havia sofrido um AVC. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito Dorival Barbosa do Carmo (PP), informou que, somente dez dias após o município confirmar o primeiro caso da doença, o secretário de saúde do estado entrou em contato com a Administração. “Já tínhamos 42 casos confirmados e, só 10 dias depois, é que ele me deu um telefonema. O Estado enviou EPIs. Acredito que não em quantidade suficiente, mas mandou”, relatou. Apesar da iniciativa do Governo do Estado, Dr. Dorival afirmou que o Município está atuando sozinho no combate à doença, inclusive com a implantação do toque de recolher. Para ele, o Estado deveria montar barreiras sanitárias na divisa com Minas Gerais a fim de proteger a toda região, ceder profissionais habilitados para lidar com a doença, bem como definir outras estratégias para o enfrentamento à pandemia, auxiliando o Município nesse trabalho. “Somos uma federação, mas os municípios estão atuando por conta própria. Temos tentado manter contato com a secretaria estadual de saúde, mas tenho me sentido sozinho aqui no município. O secretário não responde as minhas mensagens. Queremos a presença e o apoio técnico e logístico do Estado. Não temos estrutura para conter a propagação do vírus”, cobrou.

03 Jun 2020 - 08:00h

Com 73 casos positivos do novo coronavírus, a cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, também vive o drama de ter profissionais da saúde atingidos pela doença. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito do município, Dorival Barbosa do Carmo (PP), relatou que, no total, três mulheres profissionais da saúde foram infectadas no município. Uma delas desenvolveu um quadro um pouco mais grave, porém todas estão estáveis. “Hoje, temos no hospital uma técnica de enfermagem internada com o coronavírus. Ela é uma jovem obesa. Desenvolveu um quadro mais grave, mas está respirando sem a ajuda de aparelhos. Está estável do ponto de vista clínico. Optei em mantê-la internada os 14 dias por ser uma funcionária do próprio hospital e por ela ter pais idosos”, afirmou. O gestor informou ainda que o Município criou um centro de referência municipal para atendimento aos pacientes com síndrome gripal, onde existe uma estrutura específica para atendimento a pacientes com sintomas característicos do coronavírus. Nesse centro, segundo relatou, duas profissionais de saúde – técnica de enfermagem e enfermeira – também foram contaminadas. “São pessoas jovens. Elas foram colocadas em isolamento e nós estamos fazendo os contatos necessários. Apesar de fazerem uso dos equipamentos de proteção individual, ainda se contaminaram. Esse vírus é um inimigo invisível, difícil de combater. Acredito que só vai haver uma melhora, quando boa parte da população pegar e criar anticorpos”, avaliou. Atualmente, no Hospital Municipal foram montados dois leitos de semi-UTI com dois respiradores para atendimento a casos graves.

01 Jun 2020 - 11:05h

Em menos de 24 horas, após confirmar o primeiro óbito por conta da Codiv-19, o novo coronavírus (veja aqui), o município de Urandi, a 205 km de Brumado, anuncia a segunda vítima da doença. De acordo com a Vigilância Sanitária da cidade, o paciente é do sexo masculino e estava internado em uma unidade hospitalar de Vitória da Conquista e veio a óbito nesta segunda-feira (01). Segundo nota enviada ao site Achei Sudoeste, o paciente tinha outros problemas de saúde. 

A secretaria de saúde, divulgou nesta manhã, mais cinco novos casos da doença e Urandi tem 73 pessoas infectadas com o vírus, sendo que 59 ainda permanecem em tratamento e 12 estão curados.

31 Mai 2020 - 11:57h

O município de Urandi, a 205 km de Brumado, confirmou na manhã deste domingo (31), a primeira morte por conta da Covid-19, o novo coronavírus. A informação foi confirmada ao site Achei Sudoeste pela vigilância Epidemiológica da cidade. A paciente vítima da doença, é uma idosa de 72 anos, que estava internada no Hospital de Base de Vitória da Conquista. Ela tinha histórico de doenças cardíacas. De acordo com a equipe de saúde, a idosa foi um dos primeiros casos de Covid-19 da cidade. Por conta do avanço do vírus, a prefeitura de Urandi havia decretado toque de recolher na última quinta-feira (28) (veja aqui). Segundo o boletim do coronavírus, Urandi tem 68 casos confirmados da doença, com sete pacientes curados e 60 em isolamento com o vírus ativo. 616 pessoas estão sendo monitoradas, além 132 casos suspeitos notificados e 579 descartados. Apenas um paciente aguarda resultado.

29 Mai 2020 - 00:00h

Após o registro de 65 casos confirmados da Covid-19 (veja aqui), a prefeitura de Urandi, a 205 km de Brumado, decretou toque de recolher no município desde a última quinta-feira (28). A decisão, publicada no Diário Oficial, é válida até o dia 6 de junho. De acordo com o documento, a medida consiste na restrição de circulação das pessoas em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 20h às 05h. Neste horário, só será permitida a circulação de cidadãos para deslocamento de ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, sendo ainda permitido o serviço de delivery de remédios. No texto, consta ainda que fica permitida a circulação de pessoas que comprovem a urgência ou emergência no deslocamento e de servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuem nas unidades públicas de saúde e assistência social, das estruturas das forças policiais e de segurança pública e patrimonial. Os serviços de entregas de lanchonetes, restaurantes e afins só poderão funcionar até 20h. O decreto estipula o uso obrigatório de máscaras e a prorrogação da proibição da venda de bebidas alcoólicas em todo o município.

26 Mai 2020 - 16:00h

A cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, confirmou, nesta terça-feira (26), via teste rápido, mais 20 casos do novo coronavírus e o total de pessoas infectadas subiu para 65, conforme apurou o site Achei Sudoeste com a Vigilância Epidemiológica local. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, até o momento, 16 casos aguardam resultado, 548 já foram descartados, 616 pacientes seguem sendo monitorados pela Vigilância Sanitária e 90 estão em isolamento domiciliar. O município é considerado o epicentro da doença na região sudoeste da Bahia.

26 Mai 2020 - 11:00h

Em Urandi, a 205 km de Brumado, dezenas de funcionários da empresa Planova, que atua na linha de transmissão de energia em toda região, estão contaminados com o novo coronavírus. De acordo com o coordenador da Vigilância de Saúde da cidade, Ricardo Dias, 600 trabalhadores são de outros estados do país e 600 são do próprio município. Até o momento, segundo informou ao site Achei Sudoeste, de todos os funcionários e pessoas indiretamente ligadas aos mesmos, 46 pacientes testaram positivo para a doença. Como medida de contenção e avanço da doença, Dias afirmou que o ideal é a empresa paralisar as atividades e entrar em quarentena por 14 dias a fim de evitar a proliferação do vírus. “Pra gente ter um controle maior e consegui quebrar essa cadeia de transmissão”, afirmou. Segundo o coordenador, os trabalhadores acabam se tornando agentes multiplicadores da doença, mesmo assintomáticos.

26 Mai 2020 - 07:00h

Após os apelos feitos pelo prefeito de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), o doutor Dorival (veja aqui), a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) entrou em contato e o Estado já enviou insumos para combate à doença na cidade, considerada o epicentro do novo coronavírus na região. Segundo o coordenador da Vigilância de Saúde do município, Ricardo Dias, o Governo do Estado enviou equipamentos de proteção individual e deve reforçar o policiamento no município para que medidas mais duras de combate à doença sejam intensificadas. “Também solicitamos mais testes rápidos, porque, uma vez que temos um quadro desse, é interessante que a gente teste. Vamos fortalecer essa corrente”, destacou Dias ao site Achei Sudoeste.

25 Mai 2020 - 16:00h

Com 46 casos confirmados e uma população de 17 mil habitantes, a cidade de Urandi é considerada o epicentro do novo coronavírus na região sudoeste (veja aqui). Todos os casos diagnosticados são de trabalhadores da empresa Planova ou de pessoas que têm relação com os mesmos. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o coordenador da Vigilância de Saúde do município, Ricardo Dias, disse que, diante da situação, o vírus está circulando na cidade, embora ainda não haja evidências de transmissão comunitária. “É uma questão de tempo”, completou. Nesta semana, segundo ele, o Município dará início a uma ampla triagem na tentativa de identificar se o vírus já se espalhou na comunidade ou se ainda está restrito aos trabalhadores da referida empresa. “Até o momento, todos os casos têm ligação direta com alguém da empresa”. Por ora, a gestão tem endurecido as medidas de enfrentamento à doença a fim de evitar uma disseminação aguda na região.

22 Mai 2020 - 15:00h

O prefeito da cidade de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), o doutor Dorival, proibiu a venda de bebidas alcoólicas em estabelecimentos comerciais do município. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele explicou que a prefeitura recebeu diversas denúncias de que o dinheiro pago através do auxílio emergencial, do Governo Federal, estaria sendo usado para realização de churrascos, aos finais de semana, na cidade. Visando evitar a formação de aglomerações em um momento delicado em que o município notificou diversos casos de coronavírus, o gestor baixou um decreto com a proibição. Fiscais da prefeitura estão fazendo a fiscalização diária das restrições impostas no decreto de contenção do Município.

22 Mai 2020 - 11:00h

A cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, vive um momento muito delicado no combate ao coronavírus. Com apenas 17 mil habitantes, o município já confirmou, nesta sexta-feira (22), 42 casos da doença - proporcionalmente, registra mais casos que Vitória da Conquista, maior cidade da região. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito Dorival Barbosa do Carmo (PP) disse que, infelizmente, Urandi se tornou, nas últimas semanas, o epicentro da Covid-19 na região sudoeste. Apesar da situação crítica, o gestor afirmou que a prefeitura está tomando todas as medidas cabíveis, especialmente no que se refere ao isolamento dos casos positivos, bem como dos seus contactantes. “É uma questão regional. Todos os prefeitos da região estão assombrados. Não estamos tendo o apoio do Estado. Não está certo. O Estado não pode ser omisso”, cobrou.

22 Mai 2020 - 08:00h

Com apenas dois policiais, o prefeito da cidade de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), declarou que não é possível decretar o lockdown ou o toque de recolher, mesmo com o aparecimento de inúmeros casos de coronavírus no município. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele afirmou que o contingente não teria condições de fiscalizar o cumprimento das medidas. Meira cobrou do Governo do Estado a elaboração de um plano de enfrentamento à pandemia na cidade, que não tem estrutura de saúde suficiente para atender a demanda em se tratando da questão. “O Governo do Estado tem que dar suporte para o nosso município. Vou perguntar ao secretário de saúde de Urandi não faz parte da Bahia. Precisamos muito do apoio do estado para que as coisas não piorem”, criticou.

21 Mai 2020 - 15:40h

Após os inúmeros casos de coronavírus confirmados na cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, o prefeito Dorival Barbosa do Carmo (PP), o doutor Dorival, retrocedeu e decretou novamente o fechamento do comércio a fim de evitar a propagação da doença. Também foram determinadas a suspensão da feira livre e a venda de bebidas alcoólicas para impedir a formação de aglomerações. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o gestor criticou o governador Riu Costa (PT) e o secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, pela falta de apoio ao município no enfrentamento à pandemia, principalmente após o surgimento de tantos casos. Férias coletivas equivocadas de empresa foi crucial para disseminação da Covid-19 na cidade, segundo o gestor local (veja aqui). “Até agora não recebi um telefonema da Secretaria do Estado da Bahia pra tomar as providências, junto com o Município, com relação a essa situação. Estamos nos sentindo órfãos do Estado”, declarou. No Hospital Municipal, a prefeitura já montou dois semileitos de UTI, além de um centro de referência para o tratamento de pacientes suspeitos. No entanto, o prefeito disse que ainda não contou com nenhum investimento do Governo do Estado para estruturação do município. “Estamos perdidos sem a interferência do Governo da Bahia”.

21 Mai 2020 - 15:00h

De acordo com a Secretaria de Saúde de Urandi, a 205 km de Brumado, dos 27 casos confirmados de coronavírus na cidade (veja aqui), 26 são de pacientes que trabalham na Planova, empresa do ramo de transmissão de energia cujo canteiro de obras está localizado no município. Parte dos funcionários da Planova são de Urandi e mais de 600 são de diversos estados do país. O prefeito do município, Dorival Barbosa do Carmo (PP), o doutor Dorival, acredita que a paralisação das atividades da empresa foi determinante para disseminação da doença na cidade. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele afirmou que a Administração foi contrária à concessão das férias coletivas aos funcionários, visto que a melhor maneira de evitar a propagação do vírus entre os munícipes era manter os inúmeros trabalhadores de outros estados atuando na cidade. “A empresa foi pressionada pela sociedade e pelos próprios funcionários e a única solução foram as férias coletivas. Estamos colhendo os frutos ruins de uma decisão que não foi acertada e que não contou com a concordância do Município”, asseverou. Nos próximos dias, a empresa realizará uma série de testagens nos funcionários e a previsão do gestor é de que mais casos deem positivo. “Entendemos que o vírus na nossa região foi importado por conta dessa empresa. Por enquanto, o vírus está restrito às pessoas que trabalham na Planova e às pessoas que tiveram contato com estas”.

21 Mai 2020 - 05:35h

A cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, anunciou na noite da última quarta-feira (20), 27 casos confirmados de Covid-19, o novo coronavírus. Os dados foram divulgados pela secretaria de saúde do município. De acordo com a pasta, todos os pacientes foram detectados através de teste rápido realizado na cidade. As amostras dos pacientes já foram coletadas e serão enviadas para o Laboratório Central (Lacen) para contraprova. 

O secretário de saúde Péricles Tiago, informou que 26 dos 27 pacientes confirmados, são de uma empresa que executa um serviço de linha de transmissão na cidade. O outro caso é de uma idosa que está internada no Hospital Municipal, aguardando transferência para uma unidade de saúde especializada de coronavírus. Ela é avó e sogra de dois funcionários da empresa de linha de transmissão. No momento, o município tem 94 pessoas em isolamento domiciliar; 699 monitoradas pela Vigilância Sanitária; 17 notificações com síndrome gripal; 217 casos descartados; 27 confirmados e 470 aguardando resultado.

29 Fev 2020 - 04:45h

Um homem que ameaçava e torturava terceiros na cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, foi preso com armas, na tarde da última sexta-feira (28). A ação comandada pela Cipe Sudoeste, foi realizada após denúncias registradas na delegacia local. A guarnição realizou diligências na cidade e localizou o suspeito. Ao realizar a abordagem e buscas foi encontrado ao lado da casa uma espingarda tipo cartucheira e uma faca tipo peixeira, e ao ser indagado novamente pelo revólver mencionado em denúncia, o mesmo confessou que havia guardado na casa da sua tia no povoado Entupição, zona rural de Urandi. Após confessar, o mesmo foi levado até o local e lá fora encontrado um revólver cal 32 marca SW com 4 cartuchos. O indivíduo e todo material foram conduzidos e apresentados na Delegacia Territorial de Urandi para as medidas cabíveis.

03 Dez 2019 - 00:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito da cidade de Urandi, médico Dorival Barbosa do Carmo (PP), criticou o sistema estadual de regulação e transferência de pacientes. O gestor citou que o município faz o encaminhamento do paciente ao Hospital Regional de Guanambi (HRG), porém a unidade leva, muitas vezes, dias para transferir o mesmo para um centro de saúde com a especialidade e tratamento necessários. “Não tem como ficarmos insensíveis a essa situação. O município não tem mecanismos para resolver”, destacou. Dorival cobrou celeridade na regulação, tendo em vista que, além do sofrimento do paciente e da família, ainda se trata de gasto público com internação no Centro de Terapia Intensiva (CTI). “É angustiante, estamos mexendo com vidas e essas vidas precisam do valor que merecem. Não podemos ficar calados diante de algo tão sério”, disse, chamando atenção para a urgência desses casos. Carmo também cobrou mais especialidades para o HRG.

29 Nov 2019 - 10:00h

Em fase final, a obra de pavimentação da BA-263, entre Licínio de Almeida e Urandi, vai beneficiar cerca de 86 mil moradores de toda região no entorno. Os serviços estão sendo realizados pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia em  aproximadamente 21 km da rodovia. Os consórcios municipais também continuam com as manutenções nas rodoviais da região. O Consórcio Alto Sertão está com serviços em execução na BA-026, que liga Caculé a Licínio de Almeida. Já o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Rio Gavião finalizou a conservação da BA-156, entre Licínio de Almeida e Mortugaba, passando por Jacaraci neste mês.