Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
Urandi
TJ-BA nega habeas corpus e falso juiz de Urandi é preso em Vitória da Conquista Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

A defesa do advogado de Urandi, Iago Gabriel Silva Martins, 31 anos acusado de falsidade documental, falsa identidade, estelionato, falsidade ideológica e uso de documento falso, sofreu teve o pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O Bacharel em Direito é acusado de falsificar o decreto judicial nº 418/2024, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), que “atestava” a sua suposta nomeação como juiz. Alegando ilegalidade e abuso na decisão da juíza Adriana Silveira Bastos, que pediu a prisão preventiva de Iago, sua defesa entrou com pedido de habeas corpus criminal com pedido de liminar, solicitando a cassação do mandado de prisão e a declaração da incompetência das comarcas de Carinhanha e Guanambi de julgar o caso, afirmando que o investigado reside no município de Urandi. Outra alegação da defesa é que o investigado poderia ter, ao invés da prisão preventiva decretada, medidas cautelares, em liberdade. No entanto, a Justiça indeferiu a liminar. “(...) não se vislumbra manifesta ilegalidade a autorizar a concessão da liminar pleiteada, porquanto, ao menos em uma análise perfunctória, a decisão supramencionada não se revela teratológica, haja vista que a prisão preventiva do paciente foi decretada com base em elementos concretos dos autos. Assim sendo, sem respaldo o pedido de provisão liminar, visto que os fundamentos que o embasam têm natureza satisfativa, sendo impossível abranger a questão de mérito do writ sem ultrapassar os limites da cognição sumária, de modo que o caso demanda mais informações, a serem colhidas no momento oportuno. Nesses termos, indefiro o pedido de liminar […]”. Na manhã desta quinta-feira (04), Iago foi preso em Vitória da Conquista durante um operação da 77ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). Após a prisão, o homem foi conduzido ao Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep).

Urandi: Justiça manda prender advogado que montou farsa para ser reconhecido como juiz Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

A juíza Adriana Silveira Bastos, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que atua na comarca de Carinhanha, atendeu um pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e decretou a prisão preventiva do jovem advogado Iago Gabriel Silva Martins, da cidade de Urandi. O bacharel em direito é acusado de falsificar um decreto judicial nº 418/2024, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), o qual “atestava” a sua suposta nomeação como juiz. Após a grande repercussão do caso, o TJ-GO emitiu um documento declarando que “Iago Gabriel Silva Martins não faz parte do quadro de magistrados do poder judiciário do estado de Goiás”. De acordo com a decisão recebida pelo site Achei Sudoeste, MP-BA propôs representação pela decretação de Prisão Preventiva cumulada com Medida de Busca e Apreensão, Quebra de Sigilo Telefônico e de Acesso à dados do acusado. Na sentença a magistrada além da prisão preventiva, para assegurar a ordem pública e a conveniência da investigação criminal, tendo em vista os indícios suficientes de autoria e prova de materialidade da prática, por diversas vezes, dos crimes de falsidade documental (art. 293, 294, 296 e 297 do CP), uso de documento falso (art. 304 do CP), falsidade ideológica (art. 299 do CP), falsa identidade (art. 307 do CP) e estelionato (art. 171 do CP), ainda deferiu a busca e apreensão domiciliar e determinou a expedição de mandado, com base no art. 240, do CPP, visando a apreensão de (i) papéis, (ii) instrumentos, (iii) computadores, (iv) computadores e notebooks, (v) pendrive ou CD, (vii) HD externo ou cartão de memória, (viii) celulares, e outros (viii) objetos ou quaisquer outros materiais Assinado relacionados à prática da atividade ilícita, a ser cumprido nos endereços de Iago Gabriel, extração de dados em dispositivos móveis com permissão de acesso de dados armazenados em nuvem e decretou a quebra de sigilo telefônico e telemáticos. “A medida de bloqueio de contas e perfis em redes sociais deve ser indeferida, pois a manutenção das referidas páginas ativas é indispensável para colheita de elementos de informação nelas presentes”, sentenciou a juíza.

Jovem advogado monta grande farsa para ser reconhecido como juiz em Urandi Foto: Alerta Bahia

Na cidade de Urandi, a notícia de que o jovem advogado Iago Gabriel Silva Martins havia passado no 57º concurso do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) e se tornara juiz de Direito foi bastante celebrada pela comunidade. De origem humilde, o recém-formado foi homenageado pela família, amigos, moradores locais e até pelo prefeito Warlei Oliveira (PSD). Uma missa de ação de graças chegou a ser celebrada em honra ao juiz. No entanto, tudo não passou de uma grande farsa. Conforme levantado pela reportagem do site Alerta Bahia, o advogado Iago Gabriel falsificou o decreto judicial nº 418/2024, o qual “atestava” a sua suposta nomeação. 

Jovem advogado monta grande farsa para ser reconhecido como juiz em Urandi Foto: Alerta Bahia

Segundo a legislação brasileira, a conduta configura crime de falsidade ideológica e falsidade de documento público. A Divisão de Assuntos Funcionais do TJ-GO confirmou que não existe nenhum magistrado aprovado aguardando nomeação e que inexiste qualquer juiz de nome Iago no Tribunal. Ainda foi afirmado que todos os aprovados no referido concurso já foram empossados. Após a grande repercussão do caso, o TJ-GO emitiu um documento declarando que “Iago Gabriel Silva Martins não faz parte do quadro de magistrados do poder judiciário do estado de Goiás”. A farsa levantou um amplo debate sobre ambição, ética e a busca desmedida por reconhecimento e sucesso.

Homem acusado de bater em companheira com pedaço de madeira é preso em Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Na noite desta quinta-feira (29), um homem foi preso na cidade de Urandi acusado de violência doméstica. O 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) prendeu em flagrante o suspeito, que agrediu a companheira de 58 anos com um pedaço de madeira. O fato ocorreu por volta de 18h30, no Núcleo 2, zona rural da cidade. A filha da vítima acionou a polícia após ver a mãe ser espancada. Com um ferimento profundo na cabeça, a mulher foi socorrida pelo Samu 192 e levado até o Hospital Municipal de Urandi. Já o agressor, de 60 anos, foi apresentado na Delegacia de Territorial de Guanambi para as providências legais cabíveis.

Audiência pública discute impactos ambientais de Parque Eólico em Urandi Foto: Divulgação/MP-BA

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) promoveu na última semana uma audiência pública para discutir os impactos ambientais decorrentes do carreamento de sedimentos para o rio Cabeceiras Raiz, responsável por parte do abastecimento de água do município de Urandi, na região sudoeste da Bahia. A audiência ocorreu na Câmara Municipal, a pedido do promotor de Justiça Jaílson Trindade Neves, titular na Promotoria Regional Especializada em Meio Ambiente, com sede em Guanambi. Na oportunidade, foram coletadas informações sobre os impactos ambientais durante o período das fortes chuvas que atingiram a região no final de 2023 e sua relação com as obras de instalação do Parque Eólico Serra das Almas. Houve ainda debate em torno da existência de inúmeros corpos d’água na região e intervenções da empresa responsável pela implantação do parque eólico nas proximidades de nascentes, além dos prejuízos no abastecimento de água do município e à produção da agricultura familiar local. A reunião contou com a participação de diversas autoridades.

Moradores de Urandi estão sem água nas torneiras há 4 dias após temporal Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Moradores do município de Urandi, no sudoeste do estado, estão há quatro dias sem água, por causa de fortes chuvas que atingiram a cidade na última segunda-feira (22). Até esta sexta-feira (26), a situação ainda não havia sido normalizada. O abastecimento em toda a cidade, que tem cerca de 17 mil habitantes, é feito através da nascente do rio Cabeceiras e Raiz. Logo, o fornecimento de água em Urandi não é realizado por meio de uma empresa privada. Segundo os moradores, por causa das fortes chuvas e da obra de instalação de um parque eólico, houve um deslizamento de terra no local e a nascente, que era limpa e possuía água potável, encontra-se com terra e barro. Os habitantes receberam nos últimos dias nas torneiras dos imóveis água imprópria para consumo, e por causa disso, carros pipas realizam o abastecimento de água de forma emergencial. Foi realizada na manhã desta sexta-feira (26), uma audiência pública com a presença do Ministério Público da Bahia (MP-BA), do Inema, de membros da Prefeitura e da Câmara de Vereadores para debater os impactos ambientais causados pela obra do parque eólico. Por meio de nota enviada ao G1, o Parque Eólico Serra das Almas informou que tem monitorado os recursos hídricos da área, com a realização de amostras das nascentes para análise da qualidade da água. Até o momento, segundo a empresa, não foram verificados parâmetros acima dos valores máximos permitidos pela portaria do Ministério da Saúde. A empresa disse ainda que o estudo realizado evidenciou que as áreas das nascentes não sofreram danos e que mantém contato com a população e as autoridades com a disponibilidade de caminhões pipa e galões de água mineral.

Audiência pública discutirá impactos ambientais no Rio Cabaceiras em Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) promove na próxima sexta-feira (26), na Câmara Municipal de Urandi, na região sudoeste da Bahia, uma audiência pública para discutir os impactos ambientais decorrentes do carreamento de sedimentos no Rio Cabaceiras, realizado em virtude de obras para instalação de aerogeradores. Em novembro de 2023, o site Achei Sudoeste publicou a denúncia realizada por moradores do município. A audiência também busca coletar informações das autoridades e da população sobre os impactos das fortes chuvas que atingiram a região no final de 2023. A reunião contará com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), da Câmara de Vereadores, da empresa Parque Eólico Serra Das Almas e da sociedade civil.

Forte chuva invade lojas e arrasta veículos em Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Uma forte chuva atingiu a cidade de Urandi, na região sudoeste da Bahia, nesta segunda-feira (08). De acordo com vídeos enviados ao site Achei Sudoeste, a água invadiu lojas e arrastou diversos veículos. Além de alagadas, ruas ficaram com muita lama e exige atenção de pedestres e condutores para evitar acidentes. A chuva atingiu as áreas urbana e rural do município. A nossa reportagem não conseguiu contato com a prefeitura municipal e nem com a Defesa Civil. Não há relatos de desabrigados, desalojados ou feridos por causa do temporal. Segundo o Clima Tempo, do dia 1º até hoje (08) já choveu 45mm em Urandi, o que representa 68% da média normal para o mês. A cidade registra temperatura mínima de 19° e máxima de 27°. A previsão aponta que até o final do dia deve chover 25mm. No último sábado (06), uma criança de quatro anos morreu afogada em poço de água após uma forte chuva na cidade.

Criança de quatro anos morre afogada em poço de água após forte chuva em Urandi

Uma criança de quatro anos, identificada como Vinícius Rodrigues Lopes, morreu afogada em um poço de água, neste sábado (06), na zona rural da cidade de Urandi, na região sudoeste da Bahia. A informação foi divulgada pelo jornalista Vilson Nunes. O fato foi registrado no povoado de Entupição. Vinícius deu entrada no Hospital Municipal de Urandi por volta das 14h. A equipe médica da unidade constatou o óbito de Rodrigues. De acordo com a polícia, a criança teria entrado na água durante a forte chuva que aconteceu no referido povoado por volta das 12h. “As crianças estavam brincando e a mãe não deu falta do mesmo”, relatou a ocorrência. O corpo de Rodrigues foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para ser necropsiado.

Urandi: Parque Eólico nega que danos à barragem foram ocasionados pelo empreendimento Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Após as denúncias de que estaria poluindo a nascente que abastece a cidade de Urandi, na região sudoeste da Bahia, o Parque Eólico Serra das Almas, empreendimento eólico com 58 aerogeradores localizado na divisa entre os estados da Bahia e Minas Gerais, se manifestou. Em nota enviada ao site Achei Sudoeste, a empresa esclareceu que as obras seguem rigorosamente todos os programas e planos de ação exigidos pelos órgãos competentes, os quais visam mitigar, compensar ou minimizar os possíveis impactos ambientais. No dia 20/11, após um período de chuva, a água de alguns municípios vizinhos ao Parque Eólico apresentou coloração diferenciada. Nesta época do ano, a região costuma ser atingida por fortes chuvas, porém a empresa destacou que as chuvas atuais foram exageradas e atípicas, potencializadas em função de fenômenos climáticos. Apenas na madrugada do dia 20/11, choveu o equivalente a 64% do volume esperado para todo o mês de novembro nas regiões de Urandi e Licínio de Almeida. Assim que tomou conhecimento da situação, o empreendimento iniciou uma investigação e uma série de análises para apurar se as obras contribuíram no carreamento de materiais às barragens. “Até o presente momento, não há qualquer fato que indique que os danos às barragens tenham sido ocasionados pelo empreendimento. O Parque Eólico Serra das Almas se manifestará assim que os resultados das análises forem concluídos e os laudos técnicos emitidos”, assegurou. O Parque Eólico Serra das Almas disponibilizou um posto de atendimento físico e outro móvel localizado na Praça do Mercado, 98, Bairro DC 5, em Urandi, além dos números 0800 798 0800 e (77) 99141-4399 para esclarecimento da população.

Audiência pública vai debater impactos ambientais de Parque Eólico em Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Uma audiência pública vai debater os impactos ambientais na cidade de Urandi, na região sudoeste da Bahia, após a instalação de um Parque Eólico na Serra das Almas. As obras do parque estariam poluindo a nascente e o reservatório que abastecem o município, visto que a chuva teria carregado a lama do empreendimento para os locais. Em diversos vídeos publicados nas redes sociais, moradores mostram a cor e aspecto da água que cai nas torneiras: completamente marrom e lamacenta. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o vereador Mateus Silveira Oliveira (PSD) assegurou que se trata de um crime ambiental e a audiência vai apurar as responsabilidades do empreendimento. A audiência vai acontecer nesta sexta-feira (22). Além disso, uma comissão especial foi formada para acompanhar a execução da obra. “A Câmara de Vereadores está notificando a empresa, as secretarias, os órgãos ambientes e toda sociedade para fazermos uma discussão ampla”, afirmou. Em sua defesa, a empresa informou que está realizando estudos para averiguar se há relação das obras com a lama que invadiu a nascente.

'Empreendimento eólico está poluindo nascente que abastece Urandi', afirma vereador Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O vereador Mateus Silveira Oliveira (PSD), acusou o empreendimento eólico Serra das Almas de estar praticando crime ambiental na cidade de Urandi, na região sudoeste da Bahia. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Silveira explicou que a obra realizada pelo empreendimento na serra está aterrando a nascente que abastece o município. No último domingo (19), uma chuva de poucos milímetros caiu sobre Urandi e a água carregou toda lama da obra para nascente. “A lama atingiu fortemente as nascentes e o reservatório. No nosso ver é um crime ambiental que está acontecendo na nossa cidade”, apontou. Diante da situação, o vereador disse que a população tem sido abastecida com água de péssima qualidade, de coloração marrom e complemente lamacenta, tamanha à quantidade de lama que invadiu a barragem e sua nascente. A população de Urandi não paga pelo serviço de abastecimento de água, haja vista que a barragem tinha uma vazão e qualidade muito boas. O vereador informou que o parque eólico começou as suas obras na cidade no início do ano e, de acordo com relato dos moradores, a lama se formou após os trabalhos de terraplanagem no empreendimento. “Estamos com uma preocupação muito grande com relação a isso porque percebemos que a chuva está chegando e a situação pode piorar ainda mais. É algo grave e delicado”, salientou.

Empreendimento eólico estaria aterrando as nascentes do Rio Cabeceiras em Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Na cidade de Urandi, na região sudoeste da Bahia, a população está revoltada com a qualidade da água fornecida para abastecimento. Em diversos vídeos publicados nas redes sociais, moradores mostram a cor e aspecto da água que cai nas torneiras: completamente marrom e lamacenta. Muitos moradores estão descartando a água, visto que o líquido não tem condições de ser consumido. Eles apontam que a nascente de onde a água é capturada para abastecimento da cidade está sendo aterrada devido à quantidade de lama que invadiu o local. Após diversos protestos e apelos feitos às autoridades competentes, a prefeitura municipal emitiu uma nota comunicando que a secretaria de meio ambiente está trabalhando na apuração de possíveis danos causados pelo empreendimento eólico Serra das Almas à nascente do Rio Cabeceiras, com a descida de dejetos das obras durante as chuvas. A prefeitura garantiu que medidas já estão sendo tomadas para que a empresa seja responsabilizada e adote as providências necessárias para recuperação da barragem, sob pena de interdição da obra.

Presidente da Câmara de Urandi não resiste aos ferimentos e morre após acidente na BR-030 Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Gilmar Santos Pinto (PSD), 43 anos, presidente da Câmara de Vereadores de Urandi, na região sudoeste da Bahia, não resistiu aos ferimentos após um acidente de trânsito nesta quarta-feira (08), na BR-030, na Serra dos Brindes e veio a óbito no Hospital Geral de Guanambi. A informação foi confirmada pelo site Achei Sudoeste com o jornalista Gilson Medina, que está acompanhando o caso no HGG. Gilmar seguia viagem no banco do passageiro, local que ficou destruído com o impacto da colisão. No veículo oficial do município, além do parlamentar, estava o prefeito Warlei Oliveira de Souza (PSD) e três secretários de governo. O automóvel acabou colidindo com um caminhão estacionado na rodovia. O prefeito, que dirigia o veículo oficial, alegou que não havia sinalização no local do acidente. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou a perícia no local do acidente. O corpo de Pinto será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para ser necropsiado. A Prefeitura de Urandi e a Câmara de Vereadores decretaram luto oficial. Não há informações sobre velório e sepultamento.

Caminhoneiro morre preso às ferragens após capotamento na BR-122 em Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Nesta quarta-feira (05), um acidente foi registrado na BR-122, na cidade de Urandi, na região sudoeste da Bahia, mais precisamente em uma curva próximo à divisa com o estado de Minas Gerais. Segundo informou o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao site Achei Sudoeste, um caminhão com placas de Juazeiro capotou e o motorista morreu preso às ferragens. O Samu 192 foi acionado e constatou o óbito de Dhyelson Soares Dantas da Silva, 34 anos, natural do Rio Grande do Norte. O corpo foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) ao Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi. A remoção do veículo ficou a cargo do proprietário.

Nova agroindústria de frutas vai triplicar produção de agricultores em Urandi Foto: Divulgação/CAR

Os agricultores e agricultoras familiares da Associação dos Pequenos Produtores do Vale do Rio Covas de Mandioca, sediada no município de Urandi, no Sertão Produtivo do sudoeste baiano, estão felizes da vida. Na sexta-feira (30), o Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), entregou a requalificação da unidade de beneficiamento de frutas, com novos equipamentos que vão triplicar a produção no local. O presidente da Associação, Joaquim Aranha, comemora as mudanças na qualidade e na quantidade de produtos fabricados da nova unidade. “Essa ampliação será muito importante para a geração de renda, para fixar as famílias no campo e melhorar a qualidade dos produtos. A vida das pessoas dará um salto de qualidade muito grande. Vamos triplicar a nossa capacidade de produção e, como consequência, esperamos a triplicação das vendas”, celebrou. 

Nova agroindústria de frutas vai triplicar produção de agricultores em Urandi Foto: Divulgação/CAR

A nova unidade beneficiará a produção de frutas para a fabricação de polpas a exemplo de acerola, goiaba, maracujá-do-mato, manga, abacaxi e o carro-chefe da Associação, a de umbu. Além disso, os agricultores familiares vão trabalhar com outros produtos derivados dessas frutas, a exemplo de doces e licores. Sobre a triplicação das vendas, o presidente da Associação comenta a importância da comercialização dos itens nas feiras livres e nos mercados institucionais como o do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “Vamos poder entregar a mais pessoas uma polpa de qualidade, que beneficia a saúde das pessoas e também das crianças nas escolas”, enfatiza Joaquim. A Associação foi beneficiada com recursos da ordem de R$ 859 mil, por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial. Outra importante estrutura entregue nesta sexta-feira, em Urandi, foi a ponte em estrutura mista do povoado de Poções, que vai viabilizar o acesso da população à sede do município. Com investimento total de mais de R$ 353 mil, a nova ponte vai facilitar também o escoamento dos produtos oriundos da agricultura familiar, além de dar mobilidade à população rural que reside nos arredores.

Jerônimo Rodrigues entrega obras de infraestrutura e serviços em Urandi Foto: Antonio Queirós/GOVBA

Um total de 40 quilômetros requalificados da BA-263 foram entregues, nesta sexta-feira (30), pelo governador Jerônimo Rodrigues, em visita ao município de Urandi, no sudoeste da Bahia. Com um investimento somado de R$ 55 milhões, as obras de pavimentação foram realizadas nos trechos que ligam a sede do município ao entroncamento com a BR-122, no distrito de Cantinho, e ao município de Licínio de Almeida. Durante a visita, foram inaugurados também um Pelotão da Polícia Militar, uma unidade do SAC e o novo Estádio Municipal. Conforme o governador, o conjunto de entregas vai ter impacto positivo na vida de todos os moradores da região e vai fomentar o desenvolvimento local. “Fizemos várias entregas importantes para a região, começando por um estádio multiuso, com campo de gramado sintético, iluminação, pista de atletismo e arquibancada para a prática de diversos esportes. Entregamos também o posto do SAC, com diversos serviços essenciais para a população. Além disso, aqui na praça agora tem wi-fi livre e gratuito à disposição. Na área da segurança pública, entregamos também um pelotão da PM”. Jerônimo também autorizou a Secretaria de Infraestrutura a elaborar novos projetos de pavimentação para chegar ao distrito de Mato Grosso. A inauguração do novo pelotão da PM integra um projeto do Governo do Estado para qualificar a prestação do serviço de Segurança Pública em toda a Bahia. São mais de 500 unidades, entre reformadas e construídas, com recursos da ordem dos R$ 650 milhões, que garantem melhor atendimento aos cidadãos, valorizam os policiais, e, fortalecem o trabalho conjunto na área. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) foi autorizada a construir uma nova delegacia para Urandi.

Jerônimo Rodrigues entrega obras de infraestrutura e serviços em Urandi Foto: Antonio Queirós/GOVBA

O novo Posto SAC entregue nesta sexta-feira fica localizado na Rua José Novato, oferece serviços como emissão de carteira de identidade, CPF, título de eleitor, além de atendimentos do Detran-BA, como a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). No local também é possível contar com serviços do Credibahia, o programa de microcrédito que possibilita a disponibilidade de recursos que oportunizam e apoiam o desenvolvimento dos empreendimentos da cidade na concessão de créditos com juros acessíveis para ajudar alavancar as empresas que passam por dificuldade ou ainda para investimentos, de forma ágil e desburocratizada, além de estimular a geração de ocupação e renda. Além das melhorias na infraestrutura viária, o governador também entregou a reforma do Estádio Municipal, que contou com um investimento de mais de R$ 2,7 milhões. Outro destaque foi a instalação do Projeto Conecta Bahia na Praça Luís Gomes, que oferece acesso gratuito à internet para a população, promovendo a inclusão digital e aproximando a população das oportunidades oferecidas pela tecnologia. Ainda foi entregue uma unidade de beneficiamento de frutas na Fazenda do Barreiro. O governador também se comprometeu contratar pontos de extensão de rede de iluminação pública para o município.

Urandi: Irmãos de 12 e 17 anos morrem afogados na barragem do Estênio Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Neste sábado (08), às 16h, uma guarnição do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Urandi, a 205 km de Brumado, foi acionada por um popular informando que na Barragem do Estênio havia ocorrido um afogamento de dois adolescentes. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, de imediato a Guarnição se deslocou ao local e lá chegando constatou a veracidade do ocorrido, sendo as vítimas do afogamento os irmãos Isaac dos Santos Silva de 12 anos e Thiago dos Santos Silva de 17 anos, filhos de Edmilson Pereira da Silva e Janaína Cândida da Silva. Segundo informações dos banhistas, as vítimas estavam tomando banho na barragem quando o mais novo afundou na água e o outro na tentativa de socorre-lo se afogou também. Populares que estavam no local mergulharam e encontraram as vítimas já sem sinais vitais. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado e realizou a perícia no local. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para serem necropsiados.

MP-BA cumpre mandados de busca e apreensão em Serra do Ramalho e Urandi Foto: Divulgação/MP-BA

O Ministério Público do Estado da Bahia cumpriu nesta terça-feira (14), três mandados de busca e apreensão nos municípios de Serra do Ramalho (2) e Urandi (1) por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). O cumprimento faz parte da 'Operação Plata', deflagrada em conjunto com o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), que apura lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas e de integrantes de facção criminosa. A suspeita é de que tenham sido lavados mais de R$ 23 milhões com a compra de imóveis, fazendas, rebanhos bovinos e com o uso de igrejas. No total, foram cumpridos sete mandados de prisão e outros 43 de busca e apreensão. Também houve cumprimento nos estados do Rio Grande do Norte, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Ceará, Paraíba e no Distrito Federal. A ação teve o apoio da Polícia Militar potiguar e dos Ministérios Públicos estaduais e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Ao todo, participaram nacionalmente do cumprimento dos mandados 48 promotores de Justiça, 56 servidores e ainda 248 policiais. O esquema seria liderado por Valdeci Alves dos Santos, também conhecido por Colorido, tendo seu irmão Geraldo dos Santos Filho como braço direito. Valdeci é originário da região do Seridó potiguar e é apontado como o segundo maior chefe do Primeiro Comando da Capital (PCC). O esquema, conforme o MPRN, tem mais de duas décadas. As investigações apontam que os irmãos ocultaram e dissimularam a origem criminosa de seus recursos provenientes do tráfico de drogas por meio do uso de “laranjas” recrutados de várias regiões do país. O dinheiro era lavado com a compra de bens e animais em nome desses laranjas, a maioria irmãos, filhos, cunhados e sobrinhos de Valdeci e Geraldo. Segundo o MPRN, Geraldo dos Santos Filho e a mulher dele abriram pelo menos sete igrejas evangélicas. A ação cumpriu mandados de busca e apreensão em algumas delas. Pelo menos mais outras 22 pessoas estão sendo investigadas. A Justiça determinou o bloqueio e indisponibilidade de bens até o limite de R$ 23.417.243,37 relacionados a 28 contas bancárias dos suspeitos.

Assaltante de alta periculosidade morre em confronto com a PM na cidade de Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Nesta terça-feira (22), o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) recebeu a informação de que dois indivíduos tentaram roubar um estabelecimento comercial na cidade de Urandi, a 205 km de Brumado. Os suspeitos teriam fugido em uma motocicleta preta em direção a BR-122. Em diligência, os policiais conseguiram encontrar os suspeitos a cerca de dez quilômetros de Urandi. A polícia deu voz de parada, porém o garupa sacou uma pistola e efetuou disparos na direção da viatura. Os policiais revidaram e os criminosos abandonaram a moto e entraram no meio do mato, de onde continuaram atirando. Segundo informou o 17º BPM ao site Achei Sudoeste, houve intensa troca de tiro e, ao cessar o embate, um dos assaltantes foi encontrado caído ao solo, com uma pistola na mão. Imediatamente, ele foi socorrido para o hospital municipal, mas não resistiu. Considerado de alta periculosidade, Jeferson Romário Alves dos Santos, vulgo Mistura, possuía diversas passagens por assaltos em cidades da Bahia e Minas Gerais. Com ele, foi apreendida uma pistola com numeração suprimida, um carregador, dez munições intactas, seis smartphones, dois capacetes, quatro capas de celulares, um cartão de banco, uma bolsa com cabos, adaptadores, cartão e uma máscara preta. O segundo assaltante que conseguiu fugir baleado no braço está sendo procurado.

Urandi: Homem é preso por dever pensão, morre na cela e filhos serão indenizados Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O Estado da Bahia foi condenado a indenizar três filhos de um homem que foi morto dentro de uma delegacia por traumatismo craniano. Ele havia sido preso por dever pensão alimentícia. Com a condenação, o Estado deverá pagar R$ 80 mil a cada filho por indenização por danos morais. Além disso, o Estado também deverá pagar pensão alimentícia aos filhos da vítima. O custodiado era pai de cinco filhos, que eram criados pela tia. O pai dos autores da ação faleceu em setembro de 2009, quando estava preso na Delegacia de Polícia de Urandi, a 205 km de Brumado, por não pagar pensão alimentícia. No dia da morte, ele foi trocar uma lâmpada da cela onde estava preso e foi eletrocutado. Ao cair, bateu com a cabeça em uma parede de cimento. De acordo com o Bahia Notícias, parceiro do Achei Sudoeste, o Estado da Bahia não apresentou defesa no primeiro momento, o que foi considerado como revelia pelo juízo de piso, entendendo assim, pela veracidade dos fatos narrados pelos filhos da vítima. No processo, os familiares declararam que houve falha do Estado e falta de zelo à integridade física do genitor falecido, enquanto estava sob a custódia estatal. O juiz Carlos Alexandre Pelhe Gimenez, da 1ª Vara Cível e Comercial de Urandi, afirmou que o Supremo Tribunal Federal (STF) consolidou o entendimento que, nesses casos, a responsabilidade é objetiva e que cabe ao Estado comprovar eventual desconexão entre a causa da morte e a culpa do ente estatal. “A certidão de óbito juntada e o laudo pericial comprovam que a morte foi por traumatismo craniano, sendo fato incontroverso que este decorreu da queda do de cujus ao trocar uma lâmpada na cadeia pública de Urandi/BA, isso com autorização dos agentes do Estado, que permitiram a entrada da lâmpada na cela”, salientou o juiz na decisão. Ao fixar o valor da indenização, o magistrado considerou que o valor de R$ 80 mil é suficiente para reparar os danos morais sofridos pelos filhos. Ainda foi determinado pagamento de pensão alimentícia para os filhos que são menores de 24 anos, no valor de um terço do salário mínimo. O Estado da Bahia recorreu da condenação e pediu a redução da indenização para R$ 10 mil para cada filho por danos morais por entender que houve ofensa ao “princípio da moderação”. A relatora do caso foi a desembargadora Carmen Lúcia, da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Para a desembargadora, o Estado não comprovou que não teve responsabilidade sobre a morte da vítima. Os filhos eram todos menores de idade na época do incidente na delegacia. Por tais razões, manteve a condenação de pagamento de indenização por danos morais em R$ 80 mil para cada filho e pensão alimentícia de um terço do salário mínimo até completarem 24 anos.

Briga entre amigos termina em tragédia na cidade de Urandi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Na cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, uma briga entre amigos acabou em tragédia no Bairro DC-5. A polícia militar foi acionada ao local, onde encontrou Silvino Francisco de Andrade, de 60 anos, deitado no chão, ainda com vida, apresentando três ferimentos de faca: na região do abdômen, no pulmão e embaixo do braço esquerdo. Segundo informou o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou a vítima ao Hospital Municipal de Urandi. Na unidade, o óbito foi atestado pelo médico plantonista. O agressor, identificado como João Nunes dos Santos, 55 anos, foi localizado no mesmo bairro, com lesões na cabeça provocadas por populares. Ele não portava a faca no momento da prisão, sendo conduzido para a delegacia, juntamente com as testemunhas, para ser autuado pelo crime de homicídio. Segundo o irmão da vítima, os dois iniciaram a briga em um bar e a discussão prosseguiu até a casa da vítima, onde ocorreu o crime. Autor e vítima eram amigos e os dois criavam porcos juntos.

Idoso de 76 anos morre afogado em barragem na cidade de Urandi Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A Polícia Militar foi acionada após populares encontrem um corpo submerso no canal que liga a Barragem das Covas e a Barragem do Estreito, na cidade de Urandi, a 205 km de Brumado, neste sábado (03), por volta das 13h30. Segundo informou o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao site Achei Sudoeste, a vítima foi identificada como Florival Cardoso Ribeiro, 76 anos, residente na localidade das Flores, morreu afogado no açude. O local foi isolado até a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT). O corpo de Ribeiro foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi. Não há informações sobre velório e sepultamento. A Polícia Civil investiga o caso.

Urandi: Homem de 40 anos é alvejado na região cervical durante tentativa de homicídio Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Na tarde deste domingo (07), uma tentativa de homicídio foi registrada na Fazenda Capa, na zona rural do município de Urandi, a 205 km de Brumado, na região sudoeste da Bahia. A vítima, um homem de 40 anos que reside na localidade, foi alvejada por um disparo de espingarda chumbeira na região cervical. Ele foi socorrido e encaminhado pelo Samu 192 para unidade de saúde mais próxima. Seu quadro é estável. A Polícia Militar foi acionada e a guarnição conseguiu localizar a suposta arma do crime. Esta foi apresentada na delegacia de Guanambi. O autor do crime ainda não foi encontrado.

Urandi registra primeiro óbito por H3N2 Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O município de Urandi, a 205 km de Brumado, na região sudoeste da Bahia, confirmou na noite desta segunda-feira (03), o primeiro óbito por H3N2. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o paciente deu entrada no Hospital Municipal Padre Antônio Manoel da Rocha, no dia 27 de dezembro de 2021, com síndrome respiratória e devido o agravamento de sua condição clínica foi a óbito no mesmo dia. De acordo com a secretaria de saúde de Urandi, a coleta para diagnóstico de vírus respiratórios (Covid e Influenza) foi realizada e encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lancen-BA), na cidade de Salvador. Ainda de acordo com a pasta, o resultado foi divulgado hoje e o paciente foi confirmado a infecção por H3N2. A Vigilância em Saúda de Urandi solicitou da população que reforce a prevenção aos vírus respiratórios, usando máscara e mantendo o distanciamento social.

Arquivo