Achei Sudoeste




Brumado: Presidente do CREA-BA comenta consórcio entre municípios baianos

03 Ago 2013 - 15:38h

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura - CREA-BA, Marco Amigo, esteve na última sexta-feira (02) em Brumado para participar de um encontro entre os municípios baianos que desejam formar um consórcio para elaborar em conjunto os Planos de Resíduos Sólidos e Saneamento Básico. Como representante do órgão convidado a ajudar nesta elaboração, o presidente do órgão contou que nos planos incluem não só o destino dos resíduos sólidos e o saneamento, mas também o abastecimento de água e estação de esgoto. “Nós queremos conseguir as melhores soluções para o município e que a gente consiga resolver esses problemas, que são históricos da população”, disse Amigo ao site Brumado Notícias. O maior problema encontrado pelo presidente do CREA-BA é o prazo: os municípios precisam entregar os planos prontos ao governo federal no prazo de cinco meses. 

“O governo federal poderá impedir os municípios de receberem recursos se não tiver o planejamento implantado”, completou. Mesmo achando ser uma tarefa difícil, Marco Amigo acredita que com a união dos municípios e o esforço de todos é possível atingir o objetivo. Sobre a possibilidade do local para tratamento de resíduos sólidos - aterro sanitário - ficar situado em Brumado, Amigo declarou que é preciso discutir qual será o lugar melhor para dar destinação aos resíduos. “Pelo tamanho da cidade, aponto para Brumado, mas essa é uma discussão coletiva. É preciso escolher o local que seja economicamente viável e seja melhor para todos”, esclareceu, afirmando ainda que essa é uma decisão técnica, a qual depende de um estudo maior. “Quanto melhor localizado for, melhor será o lucro, que será dividido entre os municípios”, completou. De acordo com ele, a expectativa é que o consórcio agregue 18 municípios baianos, entre eles Brumado, mas não há limite para esta quantidade.