Achei Sudoeste




Força-tarefa ameaça abandonar Lava Jato após votação na Câmara

01 Dez 2016 - 12:30h

Os procuradores que integram a força-tarefa da Operação Lava Jato ameaçaram abandonar as investigações caso o pacote de medidas anticorrupção aprovado pela Câmara dos Deputados nesta madrugada seja aprovado pelo Senado. Em votação, os parlamentares retiraram seis das dez medidas propostas pelo Ministério Público Federal e alteraram os textos das demais, incluindo temas polêmicos como a punição de juízes e membros do MP por crime de responsabilidade. Em coletiva realizada com os principais nomes da Lava Jato, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima sugeriu que eles podem deixar as investigações caso o Senado mantenha as modificações. O procurador acredita que os parlamentares fizeram as mudanças por medo de serem envolvidos na Lava Jato.